31 de julho de 2012

Inquisição

João Bernardino Gonzaga
Livro de 1993 - 247 págs

 

 A Inquisição é um tema sempre atual, que suscita repulsa e indignação pelos procedimentos bárbaros e implacáveis que utilizou em seis séculos de existência.

Para um julgamento justo e imparcial, todavia, cumpre analisá-la como fenômeno histórico imerso na atmosfera que a envolveu e sob a influência dos fatores culturais, políticos, sociais, econômicos, religiosos e científicos à época existentes.
 Em A Inquisição e seu Mundo, o prof. João Bernardino Gonzaga realiza uma análise profunda da Inquisição européia, mostrando-a não como um fato isolado, mas dentro das condições de vida que a explicam e justificam.
 Desse modo, o livro apresenta ensinamentos altamente esclarecedores para quem deseja compreender o assunto.

  Tendo-se iniciado no século XIII e vigorado até o século XIX, a Inquisição continua sendo um dos temas móis polêmicos da História da Humanidade.
Definida como semeadora do terror e embrutecedora dos espíritos, seus procedimentos processuais e penais são atualmente considerados violentos, reprováveis, intolerantes, prepotentes e cruéis.
  Se, porém, lembrarmos que um dos princípios básicos da historiografia é que a análise de qualquer fato histórico deve ser feita dentro do contexto em que se desenvolveu, observaremos haver incongruência nas censuras apresentadas contra a Inquisição: seus críticos insistem em transportá-la em bloco para o nosso tempo como um acontecimento isolado e, desse modo, a julgam dentro de padrões contemporâneos, radicalmente diferentes do universo em que ela atuou.

  Ora, o Santo Ofício, enquanto instituição humana, é produto de sua época, e qualquer exame, justo e objetivo, impõe o conhecimento profundo das condições culturais, políticas, sociais, econômicas, religiosas e científicas da sua época.
João Bernardino Gonzaga é Professor Titular de Direito Penal nas Faculdades de Direito da Universidade de São Paulo e da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Em A Inquisição em seu mundo, ele faz uma análise ímpar do fenômeno, inserindo-o em pesquisa cuidadosa sobre as condições gerais de vida então existentes e sobre o modo como atuava a Justiça Criminal comum.
  Assim, em texto precioso e muito claro, o autor procura entender a Inquisição, tratando-a como um fato histórico condizente com o seu tempo e oferecendo os elementos indispensáveis para uma avaliação equilibrada sobre um assunto tão complexo.
João Bernardino Gonzaga

Um comentário:

Vinícius Márcio disse...

Excelente livro postado. Muito obrigado. Já estou espalhando para familiares e colegas.

Há algum tempo eu li apenas fragmentos dele, agora tenho todo o livro.

Postar um comentário

Qualquer quantia tem grande valor

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

O que é ser um Benfeitor do Blog?

O que é ser um Benfeitor do Blog?
Clique na Imagem

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo