18 de setembro de 2018

Páginas para Moças


Páginas para Moças
Pe. Geraldo Pires de Sousa, C.Ss.R
Edição de 1953 - 224 págs



À Jovem Leitora

Eis aqui um livro que é teu. Não foi escrito para mais ninguém. Quer conversar contigo só e com tua mocidade.
Procura... “abrir feliz clareira na selva escura em redor de ti”...

Fá-lo tão somente para que possas respirar a sós, combinar as cores de tua vida, acender a chama do teu amor cristão, compor as linhas de teus quadros de cada dia, guardar os gestos de fidalga e filha de Deus.
Querem pouca e, ao mesmo tempo, muita coisa as singelas páginas deste livro. Vão tentar isto apenas: “arrancar tua alma à torrente onde se dissipava... e restituir-lhe os traços que perdeu”. No fim da leitura — posso esperá-lo? — sentirás um par de asas sobre os ombros. E as horas floridas de tua mocidade não serão como a rosa que tomba da roseira, sem um rumor no espaço. Tombarão, ao contrário, como fruto amadurecido que sacode a folhagem e cai como uma bênção sobre o chão.
O Autor

Audi, filia...

A árvore floresceu e enfeitou-se. Perfumou-se como noiva. De sua existência sabe a vizinhança pelos recados da brisa que lhe leva os olores. Em torno de sua fronte há um mundo de sons. Zumbidos de abelhas, cantos de aves, cicios de vento, voos de beija-flores, vozes humanas e transeuntes que falam da fronde.  Nem com as trevas emudecem os sons. A árvore sonha e nos sonhos suas flores cantam, umas às outras, coisas do futuro...
Sobre sua vida desceu a primavera, e ei-la toda enfeitada de flores e de sonhos. O coração, a inteligência, a fantasia, o teu ser todo está numa floração promissora, vista e comentada. Há, por isso, vozes em redor de ti, dentro de ti, a respeito de ti. Vozes maternas e amigas, vozes enternecedoras e convidativas, vozes do tempo e da eternidade. Alegria, Esperança, Bondade, Beleza, Felicidade, Dor — todas falam numa sucessão intérmina.
Mas tua fronde florida despertou igualmente vozes mundanas e tentadoras, aduladoras e enganadoras. Honda pela vizinhança o tentador com seus reinos efêmeros de ventura, de prazer e de glória...
E também cada folha deste livro quer ser uma voz, com um quê de amigo e materno. Cada página procura apresentar-te uma voz que vem de Deus e para ele leva.
Dez minutos apenas — eis o tanto de tempo que te peço para ouvires essas vozes numa reflexão diária. Para ser útil a leitura, farás assim:
Primeiramente recolhe-te em Deus e pede-lhe sua luz para tua inteligência.
Leitura calma e pausada vem depois disto. De permeio com ela irás colocando
Perguntas sinceras: Que acabei de ler?
Que devo concluir de tudo isso?
Que tenho feito neste assunto?
Que farei no futuro?
Reflete sobre as respostas, deixando-as descer hem no fundo da alma.
Abre o coração e apresenta teus afetos e sentimentos a Deus.
Junta as mãos e reza, para que a força do Altíssimo renove tua alma, tua vida.
No fim de tudo coloca um bom propósito para o dia. — Escuta, filha, as vozes que assim se te apresentam. Verás dentro de ti transfigurações abençoadas; tua alma andará “cingida de recamos”, motivando um justo interesse de Deus por ela. Ouvindo-as, serão mais seguras essas horas que a mocidade te oferece de ponteiros enfeitados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qualquer quantia tem grande valor

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

O que é ser um Benfeitor do Blog?

O que é ser um Benfeitor do Blog?
Clique na Imagem

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo