4 de maio de 2019

Um Tributo feito pelo Pe. Julio Maria de Lombaerde

Pe. Júlio Maria de Lombaerde, S.D.N.
Transcrição da Edição de 1933 - 31 págs

Resultado de imagem para bispo carloto manhumirim

INTRODUÇÃO
A presente notícia biográfica não apresenta nenhuma feição de obra definitiva. É um simples esboço da vida santa e fecunda, de um ilustre Prelado, que é, ao lado dos mais admiráveis desbravadores de Minas: D. Antônio Ferreira Viçoso e D. Silvério Gomes Pimenta, uma glória do episcopado brasileiro.
Escrita no dia seguinte a morte do humilde Prelado, esta notícia não passa de um pequeno ramalhete, depositado sobre o túmulo ainda aberto de um pai venerado e querido, por um de seus filhos espirituais, dedicados e admiradores de suas grandes virtudes.
Se este pequeno esboço pudesse inspirar a qualquer pena acadêmica a resolução de estudar e reproduzir a vida completa do grande Bispo missionário de Caratinga, será para mim a maior recompensa.
A vida de D. Carloto é admirável... tanto pelas grandes coisas que fez, como pelo modo admirável de faze-las.
Esta vida está inteira na sentença de seu brasão: Illum oportet regnare me autem minui.
Com veneração, com ternura, com saudades imensas, deposito estas linhas sobre o túmulo onde jazem os restos mortais do Pai querido, pedindo a Deus que glorifique um dia aquele que o glorificou tanto durante a sua vida: Quicumque glorificaverit me, glorificabo eum (I. Reg. II. 30).
É o humilde tributo de afeição filial e de piedosa saudade,
Pe. Júlio Maria
Manhumirim, 28 de Novembro de 1933

~* ~
ÍNDICE
APROVAÇÃO
INTRODUÇÃO
Capítulo I – Beati mortui
Capítulo II – Brasão e coração
Capítulo III – Curta biografia
Capítulo IV – O Vigário Geral
Capítulo V – O zelo admirável
Capítulo VI – O homem extraordinário
Capítulo VII – A pobreza evangélica
Capítulo VIII – O Bispo pai
Capitulo IX – A casa do bispo
Capítulo X – A diocese de Caratinga
Capítulo XI – A vida missionária
Capítulo XII – Construção da Catedral
Capítulo XIII – Outras Igrejas
Capitulo XIV – O desastre
Capítulo XV – A morte
Capítulo XVI – Conclusão
Tu és Sacerdos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qualquer quantia tem grande valor

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

O que é ser um Benfeitor do Blog?

O que é ser um Benfeitor do Blog?
Clique na Imagem

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo