29 de junho de 2020

Autêntica espiritualidade ➜ Amar e Sofrer


Santo Afonso Maria de Ligório
Transcrição (precisa de revisão) - 103 págs

FONTE

Santo Afonso, com toda a sua experiência e vivência, mostra-nos o caminho fundamental de uma espiritualidade autêntica, que tem como essência o amor a Jesus Cristo!

25 de junho de 2020

Obra Rara! Um tesouro que te levará à santidade


R.P. Fructuoso Hockenmaier, O. F. M.
Edição de 1915 - 456 págs




AO LEITOR
Um livro que resolva as dúvidas de consciência, que seja um auxiliar valioso na prática da vida cristã, no importantíssimo negócio da paz e tranquilidade da alma, e que possa dar resposta clara e segura às mil dúvidas e problemas da vida interior, que facilite a confissão e nos ajude a fazê-la bem, é um tesouro que receberão com alegria os bons católicos.
Tudo isto nos ensina o opúsculo cuja tradução portuguesa oferecemos hoje ao público.

23 de junho de 2020

Do Protestantismo ao Catolicismo


Eurípides Cardoso de Menezes
Edição de 1960 - 315 págs


ÍNDICE
Prefácio
Intróito
Elementos Positivos
LIVRO PRIMEIRO
DO CATOLICISMO PARA O CALVINISMO
Numa encruzilhada da vida
“Péu! Péu! Tira o chapéu!”
Por 200 réis de bananas
No cabo da enxada
“Apascenta as minhas ovelhas”
“A casa dos escorpiões”
“Prefiro ver o meu filho morto”
“Só em caso de morte”
Instantâneos duma alma
Extratos dum diário
Pastor e professor
Versículos grifados
Derrotando as “Testemunhas de Jeová”
Alma católica
“Misericórdia, Senhor!"
Para os braços do Pai
LIVRO SEGUNDO
DO CALVINISMO, VIA LUTERO, AO CATOLICISMO
Reminiscências da infância e da adolescência
“Sementes”
Novas experiências
Incursões em terra ignota
Na igreja luterana
Caem as últimas muralhas
Deo Gratias!

20 de junho de 2020

Coleção "Meu Catecismo" agora completa


Monsenhor Álvaro Negromonte
Edição de 1962 - 173 págs



Monsenhor Álvaro Negromonte
Edição de 1963 - 180 págs

Monsenhor Álvaro Negromonte

INTRODUÇÃO
Resisti muito à publicação de um “Livro do Mestre" para o MEU CATECISMO, porque penso que nada substitui o mestre bem preparado, e desejo acima de tudo catequistas bem formados doutrinária, pedagógica e espiritualmente. Terminei vencido pelas insistências, principalmente dos párocos e bispos que precisam de um instrumento imediato para facilitar e melhorar a catequese, sem descuidar embora a preparação dos catequistas, obra de mais fôlego e tempo.

18 de junho de 2020

Beata: Mãe Espiritual dos(das) Redentoristas


Tradução Pe. João Batista Boaventura, C.SS.R
Edição de (?) - 293 págs

Trilogia
Autobiografia
Diálogos da Alma
Graus de Oração

FONTE
Foi-me ordenado por vontade do Senhor, por quem me pode mandar, que eu escrevesse as misericórdias liberalíssimas feitas por Nosso Senhor Jesus Cristo, por sua só bondade, a uma alma religiosa, chamada por Ele em seu seguimento desde a sua mais tenra idade. Embora ela pusesse impedimentos à Divina Graça e desse grandes escapadas do justo sendeiro do reto caminho, e andasse atrás de suas inclinações, colocando impedimento, e deixando mais vezes, cm esquecimento os impulsos que lhe dava o Senhor. Ele com suma benignidade quer conduzi-la e ser Ele seu guia no caminho da perfeição e da oração. Ser Ele seu Mestre e guia desde sua meninice, de modo singular e fineza extraordinária de seu Divino amor para toda alma unânime e fiel seguir este Divino Mestre a nós dado pelo eterno Pai Deus por guia no caminho celeste. Por isso peço e tenho pedido ardentemente ao Senhor, antes de começar esta narração, e a prosseguir, pedir sempre, enquanto executar esta relação, para que o Senhor se digne dar-me seu Divino lume, para que eu acerte sua Divina Vontade. E só para sua glória e somente a fim de obedecer a seu divino Querer e Glória de meu Senhor Jesus Cristo eu mova esta pena. Seja eu guiada pela força do espírito do meu Senhor Jesus Cristo que fez a Obra, a fim de que o que declaro neste Volume, seja aquilo que Ele quer, e como quer, que eu escreva, sem colocar nada de minha propriedade, mas só ele seja quem faça a sua Obra. Assim seja. Amém.

ÍNDICE
Autobiografia

16 de junho de 2020

Ó Jesus, as tuas Chagas são meus méritos!


Irmã Maria-Marta Chambon
Da Visitação de Santa Maria de Chambéry
Transcrição da edição de 1926 - 57 págs

Holy Cards For Your Inspiration: Suffering..........February 26

AO LEITOR
Não é outro o intento que nos move a publicar - na nossa doce e formosa língua - o presente opúsculo, senão o de ajudarmos as almas a compreenderem melhor o amor ardente que o Coração de Jesus para com elas encerra e a aproveitarem-se dos méritos infinitos que temos nas suas Sacratíssimas Chagas. Nosso Senhor, deu o seu Coração adorável à sua pequenina Visitação para que ela estendesse, pelo mundo inteiro, os frutos preciosíssimos dessa árvore de vida. E aquela queixa que ao receber esse Coração, “ardendo em chamas e encimado por uma cruz”, ouviu um dia a nossa Santa Irmã Margarida Maria: “Eis aqui este Coração que tanto amou os homens e dos quais é tão mal correspondido”, ressoando sempre em nossos corações qual eco dulcíssimo, recorda-nos, constantemente, a nossa sublime missão: “sermos as consoladoras das agonias e das dores desse amabilíssimo coração”. Se a isso juntamos ainda a missão que nos confiou o nosso Santo Fundador - S. Francisco de Sales - escrevendo no 1º Livro das nossas Santas Regras estas sublimes palavras: “Que toda a sua vida e exercícios sejam para se unirem com Deus, para ajudarem com as suas orações e bons exemplos a Santa Igreja e a salvação das almas” compreender-se-á o por que nos pareceu sermos chamadas a dar a conhecer na nossa humilde terra - o Portugal querido - as consoladoras palavras e as dulcíssimas promessas que o nosso Salvador se dignou fazer-nos por meio doutra alma privilegiada da Visitação, florinha humilde do jardim de S. Francisco de Sales. Essa alma tão favorecida de dons sobrenaturais, é a Irmã Maria-Marta Chambon, a quem Nosso Senhor dizia: “Escolhi-te para despertar a devoção à minha Sagrada Paixão, nos desgraçados tempos em que viveis.”

15 de junho de 2020

Ofício Parvo em dobro ❃ 1922 (raro) ❃ 1940 (completo)

Edição de 1922 - 128 págs
Edição de 1940 - 234 págs (completa)

"Cantei Vossos Louvores sete vezes ao dia"


Por Ofício Divino entende-se a coleção de orações dadas pela Igreja afim de serem recitadas em diferentes horas do dia ou da noite. Segundo o que indicava o salmista “Cantei vossos louvores sete vezes ao dia”, a Igreja dos primeiros séculos, distribuiu as orações públicas em sete horas, as quais denominou:
Matinas e Laudes, que se recitavam à meia noite;
Prima, após o levantar do sol;
Terça, às nove horas da manhã;
Sexta, ao meio dia;

13 de junho de 2020

Obra destinada a desfazer equívocos

Eurípides Cardoso de Menezes
Edição de 1957 - 268 págs
Clique na imagem para ver os detalhes

Orelhas do Livro

EURÍPIDES CARDOSO DE MENEZES — Nasceu em Campinas, Estado de S. Paulo, a 23 de setembro de 1909. Estudou filosofia e teologia, tendo sido, como seu pai, pastor evangélico (da igreja luterana).
Convertido ao catolicismo em 1935, tem dedicado, desde então, o melhor de suas energias e a maior parte do seu tempo ao apostolado da pena, da tribuna e, sobretudo, do rádio, através do qual, por uma rede constituída por numerosas emissoras e alto falantes, fala diariamente para todo o país.

10 de junho de 2020

O Santo que brincou com Deus

Pe. José Maria Montes, C. SS. R.
Tradução Francisco Alves, C. SS. R.
Edição de 1959 - 341 págs

91 Melhores Ideias de Ordem Redentorista em 2020 | Papa pio x ...
São Geraldo e Santo Afonso

Esta Biografia

A vida, que este livro descreve, é um formoso tecido de maravilhas.
Lendo-o, tenha o leitor presente esta admirável promessa do Salvador: "Aquele que crê em mim, esse fará também as obras que eu faço, e até fará outras maiores”. (Jo. 14, 12)
O próprio Santo, cuja vida vamos narrar, querendo despertar a fé e a confiança dos que a ele recorriam, costumava dizer: “A Deus nada é impossível”. (Lc. 1, 37) ou ainda: Não poderá Deus fazer isto... aquilo?

6 de junho de 2020

Coleção Litúrgica - Volume V

Dom Augustin François, O.S.B.
Edição de 1939 - 249 págs


Sendo o nosso mais vivo desejo que o verdadeiro espírito cristão refloresça sob todas as formas e se mantenha entre todos os fiéis, é necessário prover antes de tudo à santidade e à dignidade do templo onde eles se reúnem justamente para beber esse espírito em sua fonte primordial e indispensável: na participação ativa nos mistérios sacrossantos e na oração pública e solene da Igreja.
PIO X
Motu Proprio de 22 de novembro de 1903

Disposição deste manual:

2 de junho de 2020

Aos devotos do SSmo. Coração de Jesus ➜ Obra Rara

Seguidos de alguns actos de desaggravo e outros obséquios para passar devotamente a hora que cada mez se toma de adoração ao Coração Santíssimo composto pelo Padre Theodoro de Almeida, approvado pelo Exmo. Cardeal D. Américo, Bispo do Porto e accrescentado com as orações para a missa e actos preparatórios para a confissão e communhão
Quinta edição de 1902 - 404 págs


Sendo o homem por natureza animal sociável, também o deve ser por interesse; pois na comunicação têm os seus males alívio, as suas consolações aumento. Nada consola um coração aflito, quando está só; e também quando os movimentos de gosto são excessivos, como que não cabem no peito, e quer o coração desafogar, vazando em outro coração a superabundância de alegria, que já nele não cabe. Eis-aqui, pois, por que se fizeram estes Entretenimentos do nosso coração com o coração divino de Jesus Cristo: uns para buscar alívio e desafogo nas aflições, que ás vezes a alma oprimida sente; outros para desabafar o fervor da devoção no seu maior calor. A experiência mostra, e a razão, que esta comunicação de coração aflito, ou fervoroso, com o coração de Jesus, causa na alma efeitos maravilhosos, acende o amor, aumenta a confiança, suaviza os trabalhos e introduz insensivelmente a verdadeira devoção no íntimo da alma. Esta admirável familiaridade faz que a alma creia que Jesus Cristo é seu pai, seu amigo, seu esposo, seu conselheiro e seu remédio em tudo; e ao mesmo tempo por um inexplicável mecanismo atrai o coração de Jesus para o nosso coração. Aquelas dulcíssimas expressões, que achamos nas escrituras, provam que o caráter d’este coração divino é próprio para esta comunicação; e a experiência prova que é do seu agrado isto que tanto é para nosso proveito. Prove quem duvidar, e ficará convencido que o Senhor é suave, como se diz no Salmo: Gustate et videte, quoniam suavis est Dominus. (S 32, 9).
ÍNDICE

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

Qualquer quantia tem grande valor!

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html

Vocação➡Monja Redentorista

Vocação➡Monja Redentorista
Clique na imagem para obter maiores informações!

Aderindo ao clube através da imagem abaixo você também nos ajuda!

Aderindo ao clube através da imagem abaixo você também nos ajuda!
CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA PARTE!