22 de julho de 2016

Guia de Acólitos para el Servicio del Señor

Gregorio Martínez de Antoñana, C.M.F.
Censor de la Academía Liturgica de Roma
Edicion de 1957 - 198 págs

OBRA ENRIQUECIDA CON NUMEROSAS ILUSTRACIONES


[...] Los Acólitos se llaman Angeles del Altar, porque asisten al Sacerdote en el altar al modo como los  angeles asisten en el cielo ante el trono de Dias.
El ministerio del Acólito es dignísimo. Después de la función del Sacerdote que consagra, no hay otra función tan noble como el oficio del ministro que le asiste.
 El Acólito representa a todos los fieles, en cuyo nombre responde al Sacerdote.
Mediante su oficio, el Acólito está en un contacto más íntimo y frecuente con las cosas santas.[...]
Acuérdate siempre que eres el que de entre los niños se acerca más al buen Jesús; el que le hace la guardia de honor; el que en la Misa representa a todos los fieles. Cómo te obliga todo esto a ser puro, educado, distinguido ... Angel del altar!
La obrita está dividida en estas PARTES:
1a. Nociones y normas generales.
2a. De la Santa Misa.
3a. De los Sacramentos.
4a. Funciones principales del ano.
La segunda parte se subdivide a su vez en dos SECCIONES:
1a. De la Misa rezada.
2 a. De la Misa cantada y solemne.

20 de julho de 2016

Noções Fundamentais da Vida Espiritual


A. Saudreau
Cônego honorário de Angers
Primeiro Capelão da Casa Madre do Bom Pastor
Edição de 1937 - 267 págs


ÍNDICE
Prefácio
Introdução
Capítulo I. — A piedade: sua natureza, suas vantagens
Capítulo II. — A piedade sempre possível à alma de boa vontade
Primeira Parte
O combate espiritual: obstáculos a vencer
Capítulo III. — As paixões: o orgulho
1. Natureza do orgulho: suas diversas formas
2. Males causados pelo orgulho
3. Luta contra o orgulho
Capítulo IV. — A sensualidade
Capítulo V. — O apego aos bens terrenos
Capítulo VI. — As tentações
1. Natureza e causa das tentações
2. Utilidade das tentações
3. Como se deve lutar contra as tentações
Capítulo VII. — As ilusões
Capítulo VIII. — Securas, impotências, tristezas e desgostos
1. Natureza destas provações; suas causas; alguns exemplos
2. Normas a seguir nas securas
Capítulo IX. — O abuso das graças e suas consequências
Segunda parte
Prática da piedade: as virtudes
Capítulo X. — Virtudes teologais: a fé
Capítulo XI. — Virtudes teologais: a esperança
Capítulo XII. — Virtudes teologais: a caridade para com Deus
Exercício da caridade
Capítulo XIII. — O recolhimento, fruto da caridade  para com Deus
1. Vantagens do recolhimento
2. Modo de praticar o recolhimento
Capítulo XIV. — Caridade fraterna
1. Importância da virtude de caridade
2. Prática da caridade; a caridade nos pensamentos
3. Prática da caridade ;caridade nas palavras
4. Prática da caridade; caridade nas ações
CAPÍTULO XV. — Virtudes cardiais: a prudência
1. Importância da prudência
2. Natureza da prudência
3. Exercício da prudência
CAPÍTULO XVI. — Virtudes cardiais: a justiça
CAPÍTULO XVII. — A obediência; filha da justiça
1. Fundamento e necessidade da obediência
2. Prática da obediência
3. Exemplos de obediência
CAPÍTULO XVIII. — Virtudes cardiais: a fortaleza
CAPÍTULO XIX. — A paciência, filha da fortaleza
1. Natureza, frutos da paciência
2. Exercício da paciência
CAPÍTULO XX. — Virtudes cardiais: a temperança
Seu primeiro fruto : a mortificação
1. Importância da mortificação
2. Prática da mortificação
CAPÍTULO XXI. — A humildade filha da justiça e da temperança
1. Natureza da humildade
2. Vantagens da humildade
3. Exercício da humildade
4. Ladainha da humildade
Terceira parte
Meios de progredir na piedade
CAPÍTULO XXII. — A oração
1. Importância da oração
2. Qualidades da oração
3. Preparação para a oração
4. Distrações
CAPÍTULO XXIII. — Oração vocal
CAPÍTULO XXIV. — Oração mental, meditação
1. Natureza e importância da meditação
2. As partes da meditação
3. Assumptos, lugar, duração
4. Os graus de meditação
5. Via sacra
CAPÍTULO XXV. — A confissão
1. Os frutos da confissão
2. Preparação para a confissão
CAPÍTULO XXVI. — Direção espiritual
1. Necessidade da direção
2. Missão do diretor espiritual
3. Obrigações do dirigido
CAPÍTULO XXVII. — A Communhão
1. A Eucaristia, alimento da alma
2. Como tornar frutuosa a Comunhão
CAPÍTULO XXVIII. — Assistência à Missa e Visita ao Santíssimo Sacramento
Visita ao Santíssimo Sacramento
CAPÍTULO XXIX. — Leitura espiritual:
1. Importância da leitura espiritual
2. O que é preciso ler e como é preciso ler
CAPÍTULO XXX. — Santificação das ações ordinárias
CAPÍTULO XXXI. — Exame de consciência
1. Necessidade deste exercício
2. Modo de fazer o exame de consciência
CAPÍTULO XXXII. — Exame particular e provações:
1. Importância e objeto do exame particular
2. Provações sobre as virtudes
CAPÍTULO XXXIII. — Retiros anuais e mensais
1. Retiro anual
2. Retiro mensal
CAPÍTULO XXXIV. — A devoção ao Sagrado Coração:
1. Histórico desta devoção
2. Natureza da devoção ao Sagrado Coração de Jesus
3. Vantagens da devoção ao Sagrado Coração de Jesus
Capítulo XXXV. — Devoção à Santíssima Virgem:
1. Fundamento desta devoção
2. Prática desta devoção
CAPÍTULO XXXVI. — Devoção aos anjos e aos santos:          
1. Devoção aos santos anjos
2. Devoção aos santos
3. Devoção a São José
CAPÍTULO XXXVII. — Os dons do Espírito Santo e a vida unitiva
Epílogo


__________
O presente arquivo foi reformatado do original encontrado no site Obras Católicas

14 de julho de 2016

Um foco de luz sobre o conceito de liberdade

Perillo Gomes
Prefácio de Tristão de Atahyde, Presidente do Centro D. Vital
Edição de 1933 - 123 págs

"O que aflige vosso país e o impede de receber as bençãos de Deus é a mistura de princípios. Eu proferirei a palavra, não a ocultarei. O que temo por vós não são esses miseráveis da Comuna, verdadeiros demônios escapados do Inferno, mas o liberalismo católico, isto é, o sistema fatal que faz sonhar sempre com a identificação de duas coisas irreconciliáveis: a Igreja e a revolução." (pág 88)

Trecho do Prefácio
[...] Toda essa confusão perniciosa, em que tantos católicos se têm deixado emaranhar, já agora encontra neste livro de Perillo Gomes um foco de luz inexorável que desvendará, impiedosamente, toda a trama da ambiguidade em que se tem envolvido no Brasil a vida das ideias, em torno do conceito de liberdade.

12 de julho de 2016

Ascética de San Felipe Neri

Máximas, afectos y enseñanzas del
Fundador de la Congregación del Oratorio
Recopilación que hizo un padre del Oratorio de Venecia
Editorial Apostolado Mariano - 205 págs


ÍNDICE
Prólogo a esta edición
Noticia biográfica
CAPITULO I
Amor de Dios, confianza en ÉI y deseo de perfección

Qualquer quantia tem grande valor

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

O que é ser um Benfeitor do Blog?

O que é ser um Benfeitor do Blog?
Clique na Imagem

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo