12 de novembro de 2018

Mais uma Obra Rara do Pe. Julio Maria de Lombaerde


Pe. Júlio Maria
Missionário de Nsa. Sra. do Ssmo. Sacramento
Edição de 1952 - 361 págs


INTRODUÇÃO
O presente livro é a continuação lógica do Evangelho Dominical, e o seu complemento indispensável.
Existem diversos comentários do Evangelho de cada Domingo, porém, não existe ainda, que eu saiba — um comentário ex-professo, do Evangelho das principais festas litúrgicas e das festas dos Santos mais populares em nosso país.
Pensei prestar serviço a meus ilustres colegas de ministério, apresentando-lhes um auxílio para as festas, nas quais, presos pelo confessionário ou a administração de outros sacramentos, não lhes resta quase tempo para prepararem a instrução do dia.
* * *
O presente livro tem uma feição nova, especial.
Não apresenta, simplesmente, um esquema curto, dividido e substancial sobre a solenidade,          mas quase sempre, toma o Evangelho do dia, tira dele o assunto do sermão ligando, deste modo, numa unidade harmoniosa, o Evangelho e o objeto da festa litúrgica. Para a festa dos Santos mais populares, tal método é uma inovação.
O Evangelho parece, às vezes, ter pouca relação com a vida do Santo, entretanto quem olha atento vê que tal Evangelho é uma lição viva dela, reproduzindo, admiravelmente, o seu traço característico.
* * *
Umas festas têm várias instruções, de modo que o orador possa variar e escolher o que melhor se adaptar a seu gênio ou às necessidades de seu povo.
A Semana Santa foi tratada com especial cuidado, fornecendo assunto para pequenos e grandes sermões para pregações mais particulares, como para as grandes cerimônias da Igreja.
A festa dos Santos contém uma breve monografia da sua vida em geral e depois destaca a sua virtude particular ou o traço saliente da sua santidade.
Deste modo, tal vida torna-se mais inteligível e ao mesmo tempo mais prática para as almas desejosas de imitá-la.
O livro não será de menor utilidade para as comunidades religiosas e as almas piedosas, apresentando-lhes um assunto para o dia da festa.
Algumas instruções são um pouco mais compridas do que no “Evangelho Dominical” porque certos assuntos exigem exposição mais completa por se tratar dos grandes mistérios, e para poupar ao sacerdote o trabalho de consultar outros livros, para dar uma instrução doutrinal completa sobre o assunto.
* * *
Cada festa é precedida de umas curtas notas litúrgicas ou históricas sobre o mistério ou outro ponto com ele relacionado.
Assim coordenado, quer me parecer que o livro será de certa utilidade para os sacerdotes no ministério, facilitando-lhes o munus sagrado da pregação e da meditação, em dias que estão geralmente mais atarefados.
Possam estas instruções, em número de 61, corresponder à grande regra da pregação sagrada, que Santo Agostinho resume:
Ut vecitas pateat,
Ut ventas placeat,
Ut ventas moveat.
É a única aspiração do autor.
Pe. Júlio Maria

~ * ~

ÍNDICE

Aprovação
Aos Pregadores
Parecer do Exmo. Sr. Censor

6 de novembro de 2018

Pedagogia Catequética - Reformatado


Pedagogia Catequética
Pe. Agenor Nunes Marques
Edição de 1952 - 478 págs


INDULGÊNCIAS
Para os que estudam e ensinam a doutrina cristã
AOS PAIS: Cem dias de indulgência, todas as vezes que em suas casas ensinarem a doutrina cristã aos filhos ou aos empregados. (Paulo V, Breve de 6 de outubro de 1607).
AOS MESTRES: Todas as vezes que, nos dias santificados, levem seus alunos à doutrina ou lhes ensinem o catecismo, receberão sete anos de indulgência; e mais cem dias, todas as vezes que derem aula de religião na escola. (Paulo V, idem).

1 de novembro de 2018

Mensagem aos Protestantes


Pe. Azarias Sobreira
Edição de 1961 - 118 págs


Prefácio

 Subordinada ao título MENSAGEM aos PROTESTANTES, no vertente opúsculo e em caráter de pura vulgarização, ofertamos ao público brasileiro envolvido na disputa suscitada entre nós  pela heresia luterana, uma série de dissertações que supomos terem ficado ao alcance de todas as  inteligências.

30 de outubro de 2018

A Ordem da Companhia de Jesus


Coordenada por T. Lino D'Assumpção
llustrada sob a direcção de Roque Gameiro
Edição de 1901 - 650 págs

Desde a sua fundação até aos nossos dias









 Santo Inácio de Loyola foi um dos que mais contribuiu para a difusão do monograma IHS. O fundador da Companhia utilizou o símbolo no início de suas principais cartas e escritos. Em forma impressa, usou o IHS como carimbo das principais publicações – por exemplo, na primeira edição do livro dos Exercícios Espirituais e, também, no carimbo oficial da Ordem.





25 de outubro de 2018

Pio XII - En Español

Ao efetuar cualquier descarga,
Ajude Este Apostolado contribuindo com cualquier valor,
NUESTRA SEÑORA te bendiga!

Su Vida Y Documentos Pontificios
Monseñor Francisco Vives Estéves
Edición del año 1941 - 256 págs


Extractos del libro

[...] Cualquiera que hubiera sido elegido por el Céu clave, los católicos del mundo entero lo habríamos recibido con espíritu de filial sumisión.
Basta a los buenos hijos de la Iglesia que sea el sucesor de San Pedro, el jefe supremo y legítimo de la Santa Iglesia Romana, madre y maestra de todas las iglesias, para ofrecerle su veneración.
De noble o modesto origen, hombre de ciencia o de acción, de tendencia conciliadora o de tendencia más estricta, el elegido por la voluntad divina, el ungido del Espíritu Santo, es siempre el Padre ama do de todos los creyentes. [...]

Qualquer quantia tem grande valor

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

O que é ser um Benfeitor do Blog?

O que é ser um Benfeitor do Blog?
Clique na Imagem

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo