20 de setembro de 2011

A Igreja e a Escravidão no Brasil

James Balmes
Adendo José Geraldo Vidigal de Carvalho 
1988 CENTENÁRIO DA ABOLIÇÃO DA ESCRAVATURA NO BRASIL
Transcrição - 71 págs


Livro de grande relevância para quem quer conhecer melhor como a Igreja Católica lidou com a questão da escravização de homens e mulheres, cristãos ou pagãos, negros ou brancos. Com argumentos e fatos históricos, o autor - Jaime Balmes - faz uma verdadeira exposição acerca desse tema totalmente embasado na Filosofia Perene e no Magistério Católico. Contém um apêndice documental. 

INTRODUÇÃO
Situação religiosa, social e cultural do mundo à época da aparição do Cristianismo. O Direito Romano. Conjecturas sobre a influência exercida pelas idéias cristãs sobre o Direito Romano. Vícios da organização política do Império. Sistema do Cristianismo para regenerar a sociedade: seu primeiro passo se dirigiu à modificação das idéias. Comparação entre o Cristianismo e o paganismo no ensino das boas doutrinas.

PRIMEIRA PARTE
A Igreja não foi só uma grande e fecunda escola, mas também uma associação regeneradora. Objetivos que teve de preencher. Dificuldades que teve de vencer. A escravidão. Quem aboliu a escravidão. Opinião de Guizot. Número imenso de escravos. Com que tino se devia proceder na abolição da escravatura. A abolição repentina era impossível. Impugna-se a opinião de Guizot.

SEGUNDA PARTE
A Igreja Católica empregou, para a abolição da escravatura, não somente um sistema de doutrinas, máximas e espírito de caridade, mas também um conjunto de meios práticos. Ponto de vista sob o qual se deve considerar esse fato histórico. Idéias erradas dos antigos sobre a escravidão. Homero, Platão, Aristóteles. O Cristianismo se empenhou desde logo em combater esses erros. Doutrinas cristãs sobre as relações entre escravos e senhores. Como a Igreja se dedicou a suavizar o tratamento cruel que era dispensado aos escravos.

TERCEIRA PARTE
A Igreja defende com zelo a liberdade dos alforriados. Manumissão nas igrejas. Saudáveis efeitos desta prática. Redenção de cativos. Zelo da Igreja em praticar e promover esta obra. Preocupação dos romanos a respeito deste ponto. Influência que teve na abolição da escravatura o zelo da Igreja pela redenção dos cativos. A Igreja protege a liberdade dos ingênuos.

QUARTA PARTE
Sistema seguido pela Igreja a respeito dos escravos dos judeus. Motivos que impulsionavam a Igreja à manumissão de seus escravos. Sua indulgência neste ponto. Sua generosidade para com os libertos. Os escravos da Igreja eram considerados como consagrados a Deus. Saudáveis efeitos desta consideração. Concessão da liberdade a escravos que queriam abraçar a vida monástica. Efeitos desta prática. Conduta da Igreja na ordenação de escravos. Repressão de abusos que nesta matéria se introduziram. Conduta da Igreja de Espanha a esse respeito.

QUINTA PARTE
Doutrinas de Santo Agostinho sobre a escravidão. Importância dessas doutrinas para acarretar a abolição. Impugna-se a opinião de Guizot. Doutrinas de Santo Tomás sobre a mesma matéria. Matrimônio de escravos. Disposições do Direito Canônico sobre esse matrimônio. Doutrina de Santo Tomás a esse respeito. Resumo dos meios empregados pela Igreja para abolição da escravatura. De como esse resultado é devido exclusivamente ao Catolicismo.

EPÍLOGO
Cânones e outros documentos que manifestam a solicitude da Igreja em aliviar a sorte dos escravos, bem como revelam os diferentes meios de que ela se valeu para levar a cabo a abolição da escravatura na Europa. Posição atual da Igreja em face do tráfico de negros.



OBS.: Agradeço muito a generosidade do leitor que transcreveu este livro para que fosse divulgado.
Que Nossa Senhora o favoreça sempre!

Clicando aqui o leitor poderá baixar o livro em formato pdf.

11 comentários:

Bruno Luís Santana disse...

Parabéns pelo blog, não o conhecia. Por acaso, procurando imagens das virtudes teologais e cardeais, encontrei-o. O adicionei à minha lista de blogs católicos, que deixo à disposição no meu próprio blog - que aliás é uma transcrição de livros catequéticos.
In Mariae,

A_Católica disse...

Olá, Bruno!

Agradeço seu comentário.
Estas imagens são do Catecismo de 1910 que tem aqui no blog e, certamente, você também encontrará bastante material para seu apostolado, aproveite!!!

Saudações!

Valéria Lara disse...

O blog é 10!!!Inclusive me ajuda muito nas minhas orações do dia a dia,por um acaso gostaria de saber se você tem um livro chamado:MEDITAÇÕES PARA TODOS OS DIAS DO ANO.Este livro é do Padre Luis Bronchain de 1948 só que é o tomo segundo,eu queria também o tomo primeiro,você conhece,o livro é divino,bjs

A_Católica disse...

Olá, Valéria!

Agradeço e fico feliz pelo blog poder lhe ajudar.

O livro que você cita é o "Meditações para todos os dias do ano segundo a doutrina e o espírito de S. Afonso Maria de Ligório"??

Se é este o que você tem ele tem mais dois tomos e posso conseguir sim. Só confirme se é este mesmo, ok?

Saudações!

Bruno Luís Santana disse...

Ah, aproveitando o ensejo: o blog que tenho é em 90% dos casos a transcrição do livro que segue abaixo:

Instrução religiosa: o cristianismo – seus dogmas, suas orações, seus mandamentos e sacramentos. 2ª Edição Brasileira, Livraria Salesiana Editora, largo Coração de Jesus – São Paulo, 1949.

Todos os tópicos nele encontrados E QUE NÃO TÊM REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA são atribuidos ao livro acima. Quando desejo enriquecer o tema, ponho então a referência no tópico, exceto quando é alguma curiosidade a parte ou algum informativo ou banner.

E logicamente, como se trata de uma cópia do livro, então para ler o blog em sua sequência lógica, deve-se começar pela primeira postagem feita, que remonta a outubro de 2010...

Valéria Lara disse...

Olá,o livro é este mesmo de Santo Afonso de Ligório,e este tomo que tenho é do terceiro domingo depois da Páscoa até o dia 31 de agosto,se você conseguir vou ficar eternamente grata.Ah!Já estou te seguindo e já adicionei no meu blog,obrigada mesmo,bjs

A_Católica disse...

Valéria, em breve estará no blog estes livros, ok?

Quantas págs tem o seu?

Obrigada por ajudar a adivulgar o blog,
Saudações!

Valéria Lara disse...

Oi ...O livro é de 526 páginas é da editora vozes,não sei se isso ajuda.Eu que agradeço,por em breve colocar estes livros no blog,que Deus te abençõe sempre.

A_Católica disse...

Olá, Valéria!

Olha, só muda a editora, mas tem os três tomos aqui:

http://alexandriacatolica.blogspot.com/2011/03/fonte-meditacoes-para-todos-os-dias-e.html

Saudações!

Daison Kipper da Paz disse...

Olá, o link não funciona mais...

A_Católica disse...

Salve Maria, Daison!

Não há problemas com este link...
Ele está ativo e funcionando normalmente,

Saudações!

Postar um comentário

Qualquer quantia tem grande valor

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

O que é ser um Benfeitor do Blog?

O que é ser um Benfeitor do Blog?
Clique na Imagem

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo