25 de março de 2014

Gregoriano

e
Semiologia Gregoriana
A partir das edições francesas de Solesmes
Dom Eugène Cardine
Livro de 1989 - 349 págs



PREFÁCIO
(excertos)

A necessária reforma litúrgica empreendida pelo Concilio Vaticano II resultou, sem dúvida, numa grande redução no emprego do canto gregoriano nas funções da Igreja Romana. Não se deve esquecer, porem, que o Concilio não o desaconselhou mas, ao contrário, em sua Constituição sobre a Sagrada Liturgia, afirmou que “a Igreja reconhece o Canto Gregoriano como próprio da liturgia romana. Portanto, em igualdade de condições, ocupa ainda o primeiro lugar nas ações litúrgicas” (cf. Constituição Sacrosanctum Cortcilium, n° 116). Determinou também que fosse completada a edição típica dos livros de canto gregoriano e que se preparasse edição mais crítica dos livros publicados depois da reforma de S. Pio X (cf. n° 117).

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

Qualquer quantia tem grande valor!

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html

Vocação➡Monja Redentorista

Vocação➡Monja Redentorista
Clique na imagem para obter maiores informações!

Aderindo ao clube através da imagem abaixo você também nos ajuda!

Aderindo ao clube através da imagem abaixo você também nos ajuda!
CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA PARTE!