9 de julho de 2016

Una, Santa, Católica e Apostólica

Mons Tihamer Tóth
Edição de 1942 - 268 págs



ÍNDICE

I — Que é a Igreja?
I — A Igreja é Cristo continuando a viver entre nós
II — A Igreja é a esposa de Cristo
III — A Igreja é o corpo místico de Cristo
II — A Igreja de Cristo é una
I — As marcas da Igreja de Cristo
II — A Igreja Católica é una
III — A Igreja de Cristo é santa
I — O ideal moral da Igreja é santo
II — Os meios empregados pela Igreja Católica são santos
III — Há santos entre os membros da Igreja Católica
IV — A Igreja de Cristo é católica
I — Cumpre que a Igreja de Cristo seja católica
II — Que significa a catolicidade da Igreja
III — O que não significa a catolicidade da Igreja
V — A Igreja de Cristo é apostólica
I — Que entendemos pela apostolicidade da Igreja
II — Dificuldades conexas à apostolicidade da Igreja
VI — "Tu és Pedro..."
I — Cristo fundou o Papado
II — Com que intuito fundou Cristo o Papado?
III — A nossa veneração pelo papa
VII A infalibilidade do papa
I — A infabbilidade é um dom de Cristo
II — A infalibilidade decorre dos fins da Igreja
III — O que não significa a infalibilidade do papa
VIII — A coroa de espinhos do papa
I — “A solicitude de todas as igrejas”
II — " Quem é fraco que eu não seja fraco também?”
III — O papa perseguido
IX — O Papado na balança da História
I — O papa e o cristianismo
II — Os papas e a civilização
X — Salve, Roma santa!
I — É em Roma que pulsa o coração da Igreja
II — É em Rma que vive o chefe da Igreja
XI — O semblante terrestre da Igreja
I — O duplo semblante da Igreja
II — As páginas lamentáveis da história da Igreja
XII A intolerância da Igreja
I — A "intolerância” da nossa igreja para com as outras religiões
II — A intolerância da nossa Igreja para com seus próprios fiéis
XIII O " mundanismo" da Igreja
I — O brilho exterior e a riqueza da Igreja
II — O brilho das nossas cerimônias
XIV ­Os méritos da Igreja (I)
I — A Igreja é a guardiã do ensinamento de Cristo
II — Os méritos da Igreja na defesa da ordem moral
III — Os méritos da Igreja no mundo social
XV — Os méritos da Igreja (II)
I — A Igreja e a civilização
II — A Igreja e a ciência
III — A Igreja e as artes
XVI — Os sacerdotes da Igreja (I)
I — O culto do sacerdócio
II — Cristo fundou o sacerdócio
III — Por que instituiu Cristo o sacerdócio?
XVII — Os sacerdotes da Igreja (II)
I — O amor das almas
II — Responsabilidade perante o Pastor supremo das almas
XVIII — A Igreja perseguida
I — As perseguições contra a Igreja
II — A divina Providência e as perseguições
XIX — A Igreja invencível
I — Por que é que a Igreja é invencível?
II — Quais são as lições da invencibilidade da Igreja?
XX — Sou católico
I — Tenho uma consciência católica
II — Obedeço à minha Igreja
III — Amo a minha Igreja

3 comentários:

tamires oliveira disse...

Não estou conseguindo baixar consta formato inválido.

Alexandria Católica disse...

Salve Maria, Tamires!

O link está ativo e funcionando normalmente.
Te aconselho a limpar os cookies e caches e tentar novamente, ou até mesmo trocar de browser,

Saudações!

tamires oliveira disse...

Muito Obrigada,já consegui :)

Postar um comentário

Qualquer quantia tem grande valor

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

O que é ser um Benfeitor do Blog?

O que é ser um Benfeitor do Blog?
Clique na Imagem

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo

EM PROL do Clube de leitura masculino

EM PROL do Clube de leitura masculino
Clique na imagem acima! Não deixe de participar desta campanha!

CLUBE DE LEITURA feminino

CLUBE DE LEITURA feminino
Clique na imagem e aproveite a oportunidade de fazer parte do clube!