28 de outubro de 2011

A Vida de São Francisco de Assis

Narrada pelos Seus Discípulos, Irmãos Leão, Rufino e Ângelo
Trancrição do livro - 19 págs

Fonte

EPÍSTOLA
CAPÍTULO l
Do nascimento, da vaidade, da fidalguia e da prodigalidade de Francisco, e como, daí, chegou à generosidade e à caridade para com os pobres
CAPÍTULO 2
Como foi preso em Perusa e das duas visões que teve quando desejava entrar para a milícia
CAPÍTULO 3
Como o Senhor primeiro visitou seu coração com admirável doçura, em virtude da qual começou a crescer pelo desprezo de si mesmo e de todas as vaidades, bem como pela oração, pelas esmolas e pelo amor à pobreza
CAPÍTULO 4
Como, a partir dos leprosos, começou a vencer-se a si mesmo e a sentir doçura naquelas coisas que antes lhe pareciam amargas
CAPÍTULO 5
Da primeira vez em que o Crucificado lhe falou e como, desde esse momento até a morte, trouxe a paixão de Cristo em seu coração
CAPÍTULO 6
Como pela primeira vez fugiu às perseguições do pai e dos parentes, ficando com o sacerdote de São Damião, igreja onde jogara dinheiro a uma janela
CAPÍTULO 7
De seu grande trabalho e aflição na reformada igreja de São Damião, e como, mendigando, começou a vencer-se a si mesmo
CAPÍTULO 8
Como, ouvidos e entendidos os conselhos de Cristo no Evangelho, imediatamente mudou o hábito exterior e vestiu um novo hábito de perfeição, interior e exteriormente
CAPÍTULO 9
De como Frei Silvestre foi chamado e da visão que teve antes de ingressar na Ordem
CAPÍTULO 10
Como predisse a seis de seus companheiros as coisas que haviam de suceder-lhes ao irem pelo mundo, exortando-os à paciência
CAPÍTULO 11
Da admissão de quatro novos irmãos, da ardentíssima caridade que os primeiros irmãos tinham uns para com os outros, da solicitude no trabalho e na oração e da sua perfeita obediência
CAPÍTULO 12
Como o bem-aventurado Francisco, com os onze companheiros, foi à Cúria do papa notificar-lhe seu propósito e conseguir a aprovação da Regra que havia escrito
CAPÍTULO 13
Da eficácia da pregação de Francisco, de sua primeira morada, como os irmãos ali estavam e como dali saíram
CAPÍTULO 14
Do capítulo que se realizava duas vezes por ano em Santa Maria da Porciúncula
CAPÍTULO 15
Da morte do Cardeal João, primeiro protetor, e da nomeação do Cardeal Hugolino, bispo de Óstia, como pai e protetor da Ordem
CAPÍTULO 16
Da eleição dos primeiros ministros e como foram enviados pelo mundo
CAPÍTULO 17
Da morte santíssima do bem-aventurado Francisco e como ele, dois anos antes, havia recebido os estigmas de nosso Senhor Jesus Cristo
CAPÍTULO 18
De sua canonização

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qualquer quantia tem grande valor

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

O que é ser um Benfeitor do Blog?

O que é ser um Benfeitor do Blog?
Clique na Imagem

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo