17 de abril de 2012

Notas para conhecer a Verdadeira Fé

São Vicente de Lérins
33 págs



O AUTOR


  Sabemos pouco sobre a vida de São Vicente de Lerins. Foi um Padre da Igreja do século V. Possuem-se escassos dados sobre sua vida; apenas os de uma breve notícia que lhe dedica o marselhês Genádio (De viris illustribus, 64; PL58,1097-98) e os que se desprendem de sua obra mais importante: o Comonitório. Era de origem francesa, ainda que se ignore seu local de  nascimento e onde passou sua vida, somente que, se fez religioso uma vez "afugentados os  ventos da vaidade e da soberba, aplacando a Deus com o sacrifício da humildade cristã".

Teve  um passado tempestuoso, como parece deduzir-se de certa alusão que faz em um de seus  livros? Não é seguro, possivelmente a ênfase que põe em suas palavras deve-se pôr em conta  a severidade com que os santos costumam julgar-se a si mesmos. O que sim é indubitável é  que foi um homem muito douto nas Escrituras e nos dogmas e com profundos conhecimentos  das letras clássicas. Sacerdote no mosteiro da ilha de Lerins (chamada hoje de São Honorato),  como o pseudônimo de Peregrino compôs um tratado contra os hereges. Genádio narra  também que é autor de outra obra de tema análogo, cujo manuscrito foi roubado, e que  elaborou um breve resumo, que foi conservado. Morreu no reinado de Teodósio e Valentiniano, pouco antes de 450. O Comonitório foi escrito três anos depois do Concílio de  Éfeso, ou seja, em 434. Somente duas obras lhe são atribuídas com certeza: O  Commonitorium primum, cujo título mais antigo é "De Peregrino em favor da antiguidade e  universalidade da fé católica contra as profanas novidades de todos os hereges", e o  Commonitorium secundum, recapitulação do livro que foi roubado. Lhe é atribuído também  uma outra entitulada "Objectiones lerinianae", cujo conteúdo conserva Próspero de Aquitana  (Pro Augustino responsiones al capitula objectionum vicentianarum: PL 51,177-186), e um  florilégio de frases de Santo Agostinho concernentes ao mistério da Santíssima Trindade e da Encarnação, que conserva o Cód. 151 de Ripoll sob o seguinte título: "Excerpta sanctae  memoriae Vicentiilirinensis insulae presbyteri ex universo beatae recordations Augustini in  unumcollecta." 

O COMMONITORIUM

  Este pequeno livro, cheio de vigor e ciência, tem atraído a atenção dos estudiosos sobretudo a  partir do século XVI, e suas afirmações têm sido levadas em conta nos momentos de confusão  doutrinal, desde as polêmicas entre protestantes e católicos do séc. XVII até a crise  modernista, porque nele se encontra um excelente testemunho cristão e resposta ante os  riscos do ceticismo e do relativismo teológico. Com efeito, os temas chave do tratado são:  fidelidade à Tradição e progresso dogmático. O Comonitório é um dos livros que mais história tem deixado sobre si. Hoje passam de 150 edições e traduções em diversas línguas. A palavra  Comonitório (Commonitorium), bastante frequente como título de obras naquela época,  significa notas ou apontamentos postos por escrito para ajudar à memória, sem pretensões de  compor um tratado exaustivo. Nesta obra, São Vicente de Lerins se propôs facilitar, com  exemplos da Tradição e da história da Igreja, os critérios para conservar intacta a verdade  católica. Não recorre a um método complicado. As regras que oferece para distinguir a  verdade do erro podem ser conhecidas e aplicadas por todos os cristãos de todos os tempos,  pois se resumem em uma excelente fidelidade à Tradição viva da Igreja. O Comonitório constitui uma joia da literatura patrística. Seu ensinamento fundamental é que os cristãos devem crer "quod semper, quod ubique,quod ad omnibus" - somente e tudo quanto foi crido  sempre, por todos e em todas as partes. 
  Vários Papas e Concílios confirmaram com sua autoridade a validade perene desta regra de fé.  Segue sendo plenamente atual este pequeno livro escrito em uma ilha da França, há mais de  quinze séculos.

17 comentários:

Glauber Ferreira - AMDG disse...

Excelente!
Obrigado Alexandria Católica. A Muito tempo tenho procurado essa Obra! =D

A_Católica disse...

Que bom que o blog lhe foi útil!!

Agradeça sim a Nossa Senhora :-]

Saudações!

No Exemplo da Igreja disse...

Pessoal essa é a obra original e completa. Pois eu tenho procurado esse livro e ele vem sempre com 86 ou 87 folhas está muito pequeno.

Anônimo disse...

Está com problema no link para baixá-lo. O Documento nao está disponível no 4 shared. Obrigada. Grata.

A_Católica disse...

Salve Maria!

Informo que este link não está com problemas e está disponível,

Saudações!

Alexandre Façanha disse...

Salve Maria!

o link não funciona, não está disponível

A_Católica disse...

Salve Maria, Alexandre!

O link está ativo, mas qual o problema encontrado?

joe disse...

Link não está funcionando

A_Católica disse...

Salve Maria, Joe!

Link retificado!

Saudações!

Urias Novais disse...

Irmão não estou conseguindo baixar o link!!!

Alexandria Católica disse...

Salve Maria, Urias!

Qual o problema q vc encontrou?
O link está ativo e funcionando normalmente,

Saudações

José Carlos Barbosa disse...

Parab+ens pelo seu trabalho

Alexandria Católica disse...

Salve Maria!

Agradeço suas palavras e não deixe de rezar pelo apostolado e ajudar qdo puder,

Saudações!

Católica Apostólica Romana disse...

Boa tarde. O livro não está mais disponível? Não tem onde clicar para baixar...

Alexandria Católica disse...

Salve Maria!

Informo-lhe que o link foi reativado.

Desejo que aproveites muito esta preciosa leitura e não deixe de nos ajudar, quando puder, para que mais obras preciosas possam ser postadas,

Saudações!

elaine disse...

É neste obra que tem está frase? “Alguns Papas, Deus nos dá. A alguns, Ele tolera. Outros, nos inflige como por CASTIGO.” (São Vicente de Lérins)

Alexandria Católica disse...

Salve Maria, Elaine!

Não encontrei esta frase neste arquivo.

Saudações!

Postar um comentário

Qualquer quantia tem grande valor

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

O que é ser um Benfeitor do Blog?

O que é ser um Benfeitor do Blog?
Clique na Imagem

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo

EM PROL do Clube de leitura masculino

EM PROL do Clube de leitura masculino
Clique na imagem acima! Não deixe de participar desta campanha!

CLUBE DE LEITURA feminino

CLUBE DE LEITURA feminino
Clique na imagem e aproveite a oportunidade de fazer parte do clube!