9 de outubro de 2014

Escapulários - Reformatado

Padre Vicente Vítola
com introdução de Mons. Ascânio Brandão
Livro de 1949 - 101 págs


Está aí um livrinho útil e necessário. Para usar um lugar comum: veio preencher uma lacuna. Não conheço outro no gênero, o meu amigo Padre Vicente Vítola teve uma ideia feliz, ao escrever esta obrazinha tão oportuna e utilíssima. Quanta gente a nos perguntar sempre, aliás com justificada curiosidade, o que são os cinco escapulários, origem, vantagens, condições para os receber, etc.

Este opúsculo de tanta clareza e precisão de linguagem, de uma absoluta segurança doutrinária, veio satisfazer plenamente o desejo de tantos sacerdotes e fiéis, de tantos que por aí ouvem falar nos cinco escapulários, porventura mesmo, os receberam já, e ignoram o tesouro de graças e de indulgências que eles possuem. Santo Afonso, o grande Doutor da Igreja, aos chamados ESPÍRITOS FORTES, aos católicos de uma fé entibiada que zombam dos escapulários, assim dizia: «quanto a mim, os recebi todos».
O genial doutor da Santa Igreja ufanava-se de trazer ao peito todos os escapulários conhecidos no seu tempo.
Muito oportunas aquelas palavras de S. Francisco de Sales citadas pelo Autor, «Nisto não há nada a perder e tudo a ganhar».
Tenho para mim que este livrinho há de ter uma enorme aceitação e há de fazer, é certo, muito bem. Grande mérito tem seu Autor, e peço a quem tenha amor às almas e queira salvá-las, propague esta obrazinha tão oportuna, tão útil, e diria mesmo necessária, porque vivemos num ambiente saturado de racionalismo e de uma fé entibiada.
E os cinco escapulários podem trazer uma renovação espiritual nas paróquias e comunidades religiosas. Aliás, cada um deles, como por exemplo do Carmo, não foi uma autêntica renovação pentecostal no seu tempo, marcando uma nova era de vida espiritual, na história da Igreja?
Repito: ideia feliz teve o meu caro Padre Vicente Vítola ao escrever este livrinho abençoado e oportuno! Vai fazer muito bem e veio prestar inestimável serviço aos nossos párocos, a todos os sacerdotes e vai esclarecer nossos fiéis que doravante, com esta leitura, hão de saber avaliar o tesouro imenso que é para o cristão o uso dos cinco escapulários.

Mons. Ascânio Brandão

OBS.: Reformatamos o arquivo originalmente enviado pelo leitor Ricardo e o agradecemos, rogando à Nossa Senhora, que lhe retribua muito por esta generosa contribuição!

4 comentários:

Ricardo Pio Maria disse...

FORMULA BREVIOR BENEDICENDI ET IMPONENDI QUNQUE SCAPULARIA(Sanctissimae Trintatis, Passionis D.N.J.C., beatae Mariae Virginis sub respectivo titulo immaculatae Conceptionis, Septem Dolorum et Montis Carmeli.)
Suscepturi Scapularia genuflectunt; et Sacerdos, superpelliceo ac stola alba indutus, dicit:

V: Adjutórium nostrum in nomine Dómini.
R: Qui fecit caelum et terram.
V: Dóminus vobíscum.
R: Et cum spíritu tuo.
Orémus.
Dómine Jesu Christe, ómnium caput fidélium et humáni géneris Salvátor, qui tégumen nostrae mortalitátis indúere dignátuts es: obsecrámus imménsam largitátis tuae abundántiam, ut induménta haec, in obséquium sanctíssimae Trinitátis institúta, nec non in honórem et memóriam doloríssimae passiónis tuae, in honórem beatissimae Virginis Matris tuae sub título Immaculátae conceptiónis, Septem Dolórem et Montis Carméli, ita bene + dícere et sancti + ficáre dignéris; ut qui(quae) ea assúmpserint, eádem Genetrice tua intercedente, te quoque salutáre nostrum, córpore et ánima indúere mereántur: Qui vivis et regnas in saécula saeculórum.
R: Amen.
Mox Sacerdos omnibus scapularia singillatim imponat, ac deinde formulam proferat supra omnes simul.
1.Accípite hábitum Ordinis santctíssimae Trinitátis in fidei, spei, et caritátis augméntum, ut induátis novum hóminem, qui secúndum Deum creátus est in justítia et sanctitáte
2. Accíptes scapuláre Passiónis Dómini nostri Jesu Christi, ut, véterem hóminem exúti novúmque indúti, ispum digne perferátis, et ad vitam perveniátis aetérnam.
3. Accípite scapuláre devotórum beatissimae Mariae Virginis sine labe concéptae, ut, ejus intercessióne ab omni inquinaménto mundáti, ad vitam perveniátis aetérnam.
4. Accípte hábitum Servórum beatissimae Mariae Virginis Septem Dolóres ejus devote recoléntium, ut, dolóres ipsos assídue recogitántes, Passiónem Dómini nostri Jesu Christi in corde et córpore vestro impréssam júgiter teneátis.
5. Accípite hábitum Societátis et confraternitátis beátae Mariae Virginis de Monte Carmélo, precantes eámdem sanctíssimam Virginem, ut ejus méritis ilum. Perferátis sine mácula et vos ab omni adversitáte deféndat atque ad vitam perdúcat aetérnam.
Ego, ex facultáte Apostólica Apostólica mihi delegáta, recipio vos in participatiónem bonórum spirituálium horum Ordinum seu Congregatiónum et indulgentiárum, quae per Sancatae Sedis privilegia praedíctis scapuláribus concéssae sunt.
In nomine Pa +tris, et Fí + lii, et Spíritus + Sancti.
R: Amém
V: Salvos fac servos tuos.
R: Deus meus, sperántes int te.
V: Mitte eis, Dómine, auxilium de santo.
R: Et de Sion tuére eos.
V: Esto eis, Dómine, turris fortitúdinis.
R: A fácie inimíci.
V: Nihil proficiat inimícus in eis.
R: Et filius iniquitátis non appónat nocére eis.
V: Dómine, exáudi oratiónem mean.
R: Et clamor meus ad te véniat.
V: Dóminus vobíscum.
R: Et cum spíritu tuo.

Orémus.
Adésto, Dómine, supplicatiónibus nostris, et quibus in tuo nomine sacros hábitus impsúimus, ita bene + dícere dignéris, ut, tuae grátiae cooperantes, vitam cónsequi mereántur aetérnam. Per Christum Dóminum nostrum.
R: Amém.
Benedíctio Dei omnipoténtis, Patris, et Fílii, + et Spíritus Sancti, descéndat super vos, et máneat semper.
R: Amém.

Ana clara Sales disse...

Não consegui abrir.

Alexandria Católica disse...

Qual o problema q vc teve?

O link está ativo.

Eurides Paulino disse...

Fórmula mais breve de bênção e imposição dos cinco escapulários (da Santíssima Trindade, da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo, da Santa Virgem Maria sob os respectivos títulos da Imaculada Conceição, das Sete Dores e do Monte Carmelo)

Aqueles que vão receber os escapulários se ajoelham; o sacerdote, vestido com a sobrepeliz e a estola branca, diz:

V: O nosso auxílio está no nome do Senhor.
R Que fez o Céu e a Terra.
V: O Senhor esteja convosco.
R: E com o teu espírito.

Oremos.
Senhor Jesus Cristo, cabeça de todos os fiéis e Salvador do gênero humano, que vos dignastes a revestir-vos de nossa mortalidade, imploramos a imensa abundância de vossa liberalidade a fim de que estas vestes, instituídas em deferência à Santíssima Trindade e em honra e memória de vossa dolorosíssima paixão, em honra da Bem-Aventurada Virgem Maria, tua Mãe, sob os títulos da Imaculada Conceição, das Sete Dores e do Monte Carmelo, dignai-vos assim a bendizê-las + e a santificá-las +, para que aqueles (aquelas) que o tomarem, pela intercessão de tua Mãe, mereçam revestir-se também de vós, nossa salvação, em corpo e em alma, vós que viveis e reinais pelos séculos dos séculos.
R: Amém.

Em seguida, o sacerdote impõe o escapulário sobre cada um e profere a seguinte fórmula sobre todos ao mesmo tempo.

1. Recebei o hábito da Ordem da Santíssima Trindade para o aumento da fé, da esperança e da caridade, a fim de que vos revistais do novo homem, que foi criado segundo a Deus em justiça e santidade.
2. Recebei o escapulário da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo para que, despidos do velho homem e revestidos do novo, o porteis dignamente e alcanceis a vida eterna.
3. Recebei o escapulário dos devotos da Santa Virgem Maria, concebida sem pecado, para que, por sua intercessão purificados de toda mancha, alcanceis a vida eterna.
4. Recebei o hábito dos servos da Bem-Aventurada Virgem Maria que devotamente meditam em suas Sete Dores para que, recordando-se assiduamente das dores mesmas, conserveis a Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo perpetuamente impressa no coração e no corpo.
5. Recebei o hábito da Sociedade e Confraria da Santa Virgem Maria do Monte Carmelo, rogando à mesma santíssima Virgem que, por seus méritos, o porteis sem mácula, vos proteja de toda adversidade e vos conduza à vida eterna.

Eu, pela faculdade Apostólica a mim delegada, vos recebo como partícipes dos bens espirituais destas Ordens ou Congregações e das Indulgências que são concedidas aos mencionados escapulários pelos privilégios da Santa Sé.

Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.
R: Amém.

V: Salvai os vossos servos.
R: Meu Deus, que esperam em vós.
V: Enviai-lhes, Senhor, o auxílio de vosso santo lugar.
R: E protegei-os de Sião.
V: Sede-lhes, Senhor, torre de fortaleza.
R: Da face do inimigo.
V: Que nada consiga o inimigo contra eles.
R: E o filho da iniquidade não se ponha a fazer-lhes mal.
V: Senhor, escutai a minha oração.
R: E o meu clamor chegue a vós.
V: O Senhor esteja convosco.
R: E com o teu espírito.

Oremos.
Atendei, ó Senhor, às nossas súplicas e dignai-vos a bendizer os santos hábitos com que nos revestimos em vosso nome para que, cooperando com a vossa graça, mereçamos alcançar a vida eterna. Por Cristo Nosso Senhor.
R: Amém.

Que a bênção do Deus Todo-Poderoso, Pai e Filho e Espírito Santo, desça sobre vós e permaneça para sempre.
R: Amém

Postar um comentário

Qualquer quantia tem grande valor

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

O que é ser um Benfeitor do Blog?

O que é ser um Benfeitor do Blog?
Clique na Imagem

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo