25 de junho de 2020

Obra Rara! Um tesouro que te levará à santidade


R.P. Fructuoso Hockenmaier, O. F. M.
Edição de 1915 - 456 págs




AO LEITOR
Um livro que resolva as dúvidas de consciência, que seja um auxiliar valioso na prática da vida cristã, no importantíssimo negócio da paz e tranquilidade da alma, e que possa dar resposta clara e segura às mil dúvidas e problemas da vida interior, que facilite a confissão e nos ajude a fazê-la bem, é um tesouro que receberão com alegria os bons católicos.
Tudo isto nos ensina o opúsculo cuja tradução portuguesa oferecemos hoje ao público.
[...]
Editado pela primeira vez na Alemanha em 1903, conta já 11 edições numerosíssimas no dito idioma, podendo-se assegurar que são poucas as famílias católicas, em que não seja conhecido e em que não haja produzido frutos salutares.
Mais decisivo, todavia, que esse título de intensa propagação em favor de seu grande mérito, é a imediata e quase simultânea versão que do dito opúsculo se tem feito em onze línguas distintas de outras tantas nações europeias, obtendo avultado número de edições.
Dando, pois, a publicidade esta tradução rogo a Deus, queira abençoá-la de modo que possa produzir abundantes frutos de salvação.
Bahia, 5 de Janeiro de 1915
O Tradutor
F. O.

ÍNDICE
Aprovação
Ao leitor
Prefacio do Autor
Introdução
Notas preliminares
1. Efeitos do Sacramento da Penitência
2. Utilidade da confissão frequente
3. Objeções contra a confissão frequente
Método para fazer uma boa confissão
Vista geral
PRIMEIRA PARTE
O pecado
DO PECADO EM GERAL
Capítulo I — Que é o pecado?
Capítulo II — Que é pecado mortal? Que é pecado venial
Capítulo III — Como formar sua consciência nos casos duvidosos?
1. Da consciência duvidosa propriamente dieta
2. Da consciência provável
3. Da consciência escrupulosa
Capítulo IV — Que fazer quando nos achamos em face de dois preceitos aparentemente contraditórios?
Capítulo V—O pecado na sua origem e desenvolvimento
DOS PECADO EM PARTICULAR
Capítulo I — Os dez mandamentos da lei de Deus
Primeiro mandamento
1. A fé
2. A esperança
3. A caridade
4. A oração
5. A superstição
Segundo mandamento
1. O uso profano dos santos nomes
2. A blasfêmia e imprecação
3. O juramento
4. O voto
Terceiro Mandamento
1. A assistência à missa
2. A proibição das obras servis
Quarto mandamento
1. Os deveres dos filhos
2. Os deveres dos criados
3. Obrigações para com a autoridade eclesiástica e civil
4. Os deveres dos pais
5. Os deveres dos superiores
Quinto mandamento
1. Devemos amar aos nossos inimigos
2. O escândalo
Sexto e nono mandamentos
1. Pensamentos e desejos
2. Vistas e toques
3. Conversas
4. Más leituras
5. Os bailes e as danças
6. As relações demasiadamente familiares com pessoas de sexo diferente
Sétimo mandamento
1. Gravidade do pecado de injustiça
2. Restituição — Reparação do dano injusto
Oitavo mandamento
1. Da mentira e hipocrisia
2. Da suspeita injusta e do juízo temerário
3. Da detração, calúnia, mexerico
Décimo mandamento
Capítulo II — Os pecados capitais
1. O orgulho e a vaidade
2. A avareza e a cobiça
3. A luxuria
4. A inveja
5. A gula
6. A cólera
7. A preguiça
Apêndice — Da escolha dum estado de vida
Capítulo III — Os mandamentos da Igreja
1. O preceito do jejum e da abstinência
2. O jejum eucarístico
3. A proibição dos casamentos mistos
SEGUNDA PARTE
A reconciliação com Deus
Capítulo I — O exame de consciência
1. A preparação
2. Ordem a seguir no exame de consciência
3. O tempo e o cuidado que se deveu empregar no exame de consciência
4. Matéria do exame de consciência
Capítulo II — A contrição
1. A natureza da contrição
2. Qualidades da contrição
3. Virtude e eficácia da contrição perfeita e imperfeita
Capítulo III — A contrição perfeita, ancora de salvação para muitos
Capítulo IV — O bom propósito
1. Qualidades do bom propósito
2. Maneira prática de se excitar à contrição e ao bom propósito
Apêndice — A ocasião próxima
Capítulo V — A confissão
1. O que é necessário confessar
2. O que é útil confessar
3. É necessário confessar os pecados duvidosos?
4. Condições de validade duma confissão na qual se acusam só pecados veniais
5. São as imperfeições matéria suficiente para a absolvição?
6. Integridade da confissão
7. Precisão e concisão na confissão
8. Maneira pratica de bem se confessar
Capítulo VI — A confissão geral
1. A confissão geral pode ser nociva
2. A confissão geral é necessária
3. A confissão geral é muito útil
4. Método da confissão geral neces­sária
5. Método da confissão geral não ne­cessária
Capítulo VII — A confissão frequente
1. O que as pessoas piedosas não devem perder de vista na contrição e no bom propósito
2. A acusação
Capítulo VIII — A Comunhão frequente
Capítulo IX — A satisfação
Capítulo X — As indulgências
1. Natureza das indulgências
2. Condições exigidas para ganhar as indulgências
3. De algumas indulgências em parti­cular
4. Avisos gerais sobre os objetos bentos
Conclusão
Questionários para exame de consciência
Primeiro questionário
Segundo questionário (para pessoas piedosas)
Terceiro questionário (para confissões gerais)

__________
OBS.: Com a ajuda dos leitores é possível postar obras edificantes como esta. Que Nossa Senhora abençoe, de forma especial,  a generosidade do leitor que possibilitou a esta obra estar aqui para todos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

Qualquer quantia tem grande valor!

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html

Vocação➡Monja Redentorista

Vocação➡Monja Redentorista
Clique na imagem para obter maiores informações!

Aderindo ao clube através da imagem abaixo você também nos ajuda!

Aderindo ao clube através da imagem abaixo você também nos ajuda!
CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA PARTE!