25 junho, 2020

Obra Rara! Um tesouro que te levará à santidade


R.P. Fructuoso Hockenmaier, O. F. M.
Edição de 1915 - 456 págs




AO LEITOR
Um livro que resolva as dúvidas de consciência, que seja um auxiliar valioso na prática da vida cristã, no importantíssimo negócio da paz e tranquilidade da alma, e que possa dar resposta clara e segura às mil dúvidas e problemas da vida interior, que facilite a confissão e nos ajude a fazê-la bem, é um tesouro que receberão com alegria os bons católicos.
Tudo isto nos ensina o opúsculo cuja tradução portuguesa oferecemos hoje ao público.
[...]
Editado pela primeira vez na Alemanha em 1903, conta já 11 edições numerosíssimas no dito idioma, podendo-se assegurar que são poucas as famílias católicas, em que não seja conhecido e em que não haja produzido frutos salutares.
Mais decisivo, todavia, que esse título de intensa propagação em favor de seu grande mérito, é a imediata e quase simultânea versão que do dito opúsculo se tem feito em onze línguas distintas de outras tantas nações europeias, obtendo avultado número de edições.
Dando, pois, a publicidade esta tradução rogo a Deus, queira abençoá-la de modo que possa produzir abundantes frutos de salvação.
Bahia, 5 de Janeiro de 1915
O Tradutor
F. O.

ÍNDICE
Aprovação
Ao leitor
Prefacio do Autor
Introdução
Notas preliminares
1. Efeitos do Sacramento da Penitência
2. Utilidade da confissão frequente
3. Objeções contra a confissão frequente
Método para fazer uma boa confissão
Vista geral
PRIMEIRA PARTE
O pecado
DO PECADO EM GERAL
Capítulo I — Que é o pecado?
Capítulo II — Que é pecado mortal? Que é pecado venial
Capítulo III — Como formar sua consciência nos casos duvidosos?
1. Da consciência duvidosa propriamente dieta
2. Da consciência provável
3. Da consciência escrupulosa
Capítulo IV — Que fazer quando nos achamos em face de dois preceitos aparentemente contraditórios?
Capítulo V—O pecado na sua origem e desenvolvimento
DOS PECADO EM PARTICULAR
Capítulo I — Os dez mandamentos da lei de Deus
Primeiro mandamento
1. A fé
2. A esperança
3. A caridade
4. A oração
5. A superstição
Segundo mandamento
1. O uso profano dos santos nomes
2. A blasfêmia e imprecação
3. O juramento
4. O voto
Terceiro Mandamento
1. A assistência à missa
2. A proibição das obras servis
Quarto mandamento
1. Os deveres dos filhos
2. Os deveres dos criados
3. Obrigações para com a autoridade eclesiástica e civil
4. Os deveres dos pais
5. Os deveres dos superiores
Quinto mandamento
1. Devemos amar aos nossos inimigos
2. O escândalo
Sexto e nono mandamentos
1. Pensamentos e desejos
2. Vistas e toques
3. Conversas
4. Más leituras
5. Os bailes e as danças
6. As relações demasiadamente familiares com pessoas de sexo diferente
Sétimo mandamento
1. Gravidade do pecado de injustiça
2. Restituição — Reparação do dano injusto
Oitavo mandamento
1. Da mentira e hipocrisia
2. Da suspeita injusta e do juízo temerário
3. Da detração, calúnia, mexerico
Décimo mandamento
Capítulo II — Os pecados capitais
1. O orgulho e a vaidade
2. A avareza e a cobiça
3. A luxuria
4. A inveja
5. A gula
6. A cólera
7. A preguiça
Apêndice — Da escolha dum estado de vida
Capítulo III — Os mandamentos da Igreja
1. O preceito do jejum e da abstinência
2. O jejum eucarístico
3. A proibição dos casamentos mistos
SEGUNDA PARTE
A reconciliação com Deus
Capítulo I — O exame de consciência
1. A preparação
2. Ordem a seguir no exame de consciência
3. O tempo e o cuidado que se deveu empregar no exame de consciência
4. Matéria do exame de consciência
Capítulo II — A contrição
1. A natureza da contrição
2. Qualidades da contrição
3. Virtude e eficácia da contrição perfeita e imperfeita
Capítulo III — A contrição perfeita, ancora de salvação para muitos
Capítulo IV — O bom propósito
1. Qualidades do bom propósito
2. Maneira prática de se excitar à contrição e ao bom propósito
Apêndice — A ocasião próxima
Capítulo V — A confissão
1. O que é necessário confessar
2. O que é útil confessar
3. É necessário confessar os pecados duvidosos?
4. Condições de validade duma confissão na qual se acusam só pecados veniais
5. São as imperfeições matéria suficiente para a absolvição?
6. Integridade da confissão
7. Precisão e concisão na confissão
8. Maneira pratica de bem se confessar
Capítulo VI — A confissão geral
1. A confissão geral pode ser nociva
2. A confissão geral é necessária
3. A confissão geral é muito útil
4. Método da confissão geral neces­sária
5. Método da confissão geral não ne­cessária
Capítulo VII — A confissão frequente
1. O que as pessoas piedosas não devem perder de vista na contrição e no bom propósito
2. A acusação
Capítulo VIII — A Comunhão frequente
Capítulo IX — A satisfação
Capítulo X — As indulgências
1. Natureza das indulgências
2. Condições exigidas para ganhar as indulgências
3. De algumas indulgências em parti­cular
4. Avisos gerais sobre os objetos bentos
Conclusão
Questionários para exame de consciência
Primeiro questionário
Segundo questionário (para pessoas piedosas)
Terceiro questionário (para confissões gerais)

__________
OBS.: Com a ajuda dos leitores é possível postar obras edificantes como esta. Que Nossa Senhora abençoe, de forma especial,  a generosidade do leitor que possibilitou a esta obra estar aqui para todos!

2 comentários:

Unknown disse...

Que livro senhores, amo o carisma dos Franciscanos, parabéns pela página! Deo Gratias!

Alexandria Católica disse...

Bom Dia!

Agradeço suas palavras!!

Aqui vc encontrará diversas obras franciscanas, e certamente, com a ajuda dos leitores, conseguiremos postar mais e mais... =]

Boas Leituras,

Saudações!

Postar um comentário

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

Qualquer quantia tem grande valor!

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html

VOCAÇÃO ➡ Quer ser MONJA REDENTORISTA? Clique no Banner para mais informações

Tipos Psicológicos

Obras Raras DO BLOG sendo reeditadas *Livraria Caritatem*