28 de agosto de 2011

O Caráter

Dom Tihamer Toth
Livro de 1939


   O que é caráter?   

   O que é caráter? E que queremos significar quando dizemos de alguém: eis um caráter? A palavra caráter designa a vontade humana firmemente orientada para o bem; e um jovem é um caráter, se tiver princípios nobres a orientar a sua conduta, não se afastando deles, mesmo se esta constância lhe impõe sacrifícios. Aquele que, pelo contrário, muda de princípios conforme as circunstâncias, a sociedade ou os amigos, que abandona uma maneira de proceder, reconhecida até então como boa, sob pretexto de que por ela não deve sofrer o menor desgosto, - esse tal é versátil e pouco seguro, não passa de um caráter frouxo, ou, caso mais grave, é um jovem sem caráter. Isto basta já para te mostrar em que consiste a educação do caráter. Primeiramente é preciso que possuas princípios nobres; depois, por um exercício contínuo, é preciso habituar-se a agir em todas as circunstâncias segundo esses princípios. A vida moral de um homem sem princípios é assim como uma cana agitada pelo vento. Este homem procede hoje de uma maneira e amanhã de outra. A primeira necessidade é, pois, formar a força de que temos necessidade para seguir sem tropeçar o caminho que reconhecemos bom.

   Repito: o teu primeiro cuidado deve ser formar em ti princípios justos. Ora, qual é o princípio justo quanto a estudos, por exemplo? "É preciso estudar com aplicação constante, porque Deus quer que eu cultive as faculdades que Ele me deu". - Qual é o princípio justo quanto aos colegas? "Devo fazer-lhes o que gostaria que me fizessem". E assim por diante... É indispensável que tenhas princípios justos em todas as coisas. A tua segunda preocupação é muito mais difícil: é seguir esses justos princípios, isto é, submeteres-te às exigências do caráter.

   Um belo caráter não se recebe de presente; consegue-se por meio de labor árduo e contínuo, trabalhando para ele durante longos anos, dezenas de anos, muitas vezes. A influência do meio, as boas ou más tendências transmitidas por herança, podem produzir certa impressão no nosso caráter, mas, em última análise, o nosso caráter é obra nossa pessoal, o resultado do nosso trabalho de auto-educação. É dupla a educação que recebemos: a primeira é-nos dada pelos nossos pais e pela escola; a segunda - e é a mais importante - vem-nos dos nossos próprios esforços.

   Sabes o que é a auto-educação? É a influência da nossa vontade sobre nós próprios, incitando-nos a seguir o bom caminho em qualquer circunstância, sem hesitar e com alegria.

   Sabes o que é caráter? É proceder em conformidade com os nossos princípios fundamentais; - é o esforço exercido pela nossa alma na realização da nobre concepção que fizemos da vida.

   Já agora podes compreender que é mais difícil nesta auto-educação não é a construção do princípio vital, mas sim o esforço que deve ser realizado, dia a dia, para proceder de harmonia com ele. "Este é o meu princípio e dele não me desviarei; ser-lhe-ei fiel, custe o que custar". Mas isto exige muitos sacrifícios e eis a razão porque há, no mundo, tão poucos homens de caráter.

   "Permanecer fiel aos seus princípios", "nunca se afastar da verdade", - quem não se orgulharia destes belos pensamentos...?

   "Ah! se não fosse tão difícil converter estes pensamentos em ações!

   Se estes admiráveis intentos não esmorecessem no nosso espírito tão facilmente sob a perniciosa influência da sociedade, dos amigos, da moda... do nosso próprio eu que não gosta de ser incomodado a cada passo!...   

Ouve o que, a tal respeito, diz o poeta:
Atentai no que fazeis;
não queirais ser cata-vento.
Bom caminho começado,
não deixeis um só momento.
(Reinick)

OBS.: Deixo aqui meu sincero agradecimento à pessoa que, embora um tanto ocupada, generosamente digitalizou esta excelente obra e me ofereceu como presente.
          Que Nossa Senhora a favoreça sempre e a recompense por tudo, principalmente  pelo tempo dispensado para que muitas almas pudessem ler e ter uma boa formação: a formação do caráter; justamente isto que tanta falta faz à sociedade moderna: homens de caráter!

‎"Ama verdadeiramente seu amigo quem ama Deus no seu amigo"  (Santo Agostinho)


13 comentários:

laercio andrade de souza disse...

Foi a professora D. Geralda, católica conservadora, que praticamente nos obrigava a ler livros de formação. Em princípio, como adolescente, repudiei! Depois descobri não um livro, mas um tesouro! Todo jovem deveria ler e a Editora Vozes reeditar!

Aruan João Baccaro de Freitas disse...

Infelizmente, não fosse a ação de almas desprendidas e generosas, que digitalizam e publicam tais e-books, jamais teríamos acesso a esses livros incríveis. A Vozes não quer reeditá-los, porque pouco se importa com a conversão das alma, com o caminho da virtude. Quem quiser ver nesses livros a esperança de dias melhores, que colabore com o site Alexandria Católica, pois é maior garantia de promoção dos bons livros!!

Aruan João Baccaro de Freitas disse...

Parabéns pela difusão de tão excelentes livros. Continuem assim!

Aruan João Baccaro de Freitas disse...

Infelizmente, não fosse a ação de almas desprendidas e generosas, que digitalizam e publicam tais e-books, jamais teríamos acesso a esses livros incríveis. A Vozes não quer reeditá-los, porque pouco se importa com a conversão das alma, com o caminho da virtude. Quem quiser ver nesses livros a esperança de dias melhores, que colabore com o site Alexandria Católica, pois é maior garantia de promoção dos bons livros!!

Túlio César disse...

Excelente livro! Tenho aprendido muito com ele. Que Deus abençoe quem fez a caridade de digitalizá-lo! Salve Maria!

Anônimo disse...

Posso dizer que esse livros foi um divisor de águas em minha vida.

Clasan disse...

A editora Molokai lançou uma reimpressão do livro:
http://editoramolokai.com.br/livro.aspx?id=171

Fábio Ribeiro disse...

Há neste site o Moço Educado (mesmo autor) para download?

A_Católica disse...

Olá, Fábio!

Não há o livro que cita aqui no blog,

Saudações!

Ridrigo disse...

Alguém sabe informar por quê ao acessar o link, não é possível baixá-lo?

A_Católica disse...

Salve Maria, Ridrigo!

Tente agora que certamente irá conseguir,

Saudações!

cleomar eustáquio e silva disse...

Deus inspire quem pode a ajuda-lo$, os leigos que ajudam o fazem por amor pois sabem que a verdadeira Igreja é pobre, nada possui, tudo cuida para toda a humanidade (cuja maioria é pagã ou negativamente ideologizada).

Alexandria Católica disse...

Amen!

Postar um comentário

Qualquer quantia tem grande valor

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

O que é ser um Benfeitor do Blog?

O que é ser um Benfeitor do Blog?
Clique na Imagem

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo