19 de novembro de 2012

Missionário no Japão

Missionário no Japão
Terésio Bosco
Livro de 1982 - 51 págs


 Vicente Cimatti nasceu em Faenza, Itália, no dia 15 de julho de 1879, de Tiago e Rosa Pasi, último de seis filhos. Desses, a irmã M. Raffaella fez-se religiosa da Congregação das Irmãs Hospitaleiras da Misericórdia: é hoje beata; Luís, salesiano irmão, missionário na América  Latina, morreu em odor de santidade; e ele, Vicente, já é venerável.
  • Aos 3 anos perdeu o pai. Certa vez, levado pela mãe à igreja dos Servitas, onde pregava Dom Bosco, ouviu dizer:
- "Vicentinho, olhe! Olhe Dom Bosco!". Por toda a vida recordará o rosto bondoso daquele já idoso sacerdote.
  • Com 17 anos torna-se definitivamente salesiano fazendo a profissão perpétua. Mandado ao colégio de Turim-Valsálice, ensina e acumula títulos de estudo: diploma de composição musical no Conservatório de Parma, láurea em estudos agrários, filosóficos e pedagógicos, na Régia Universidade de Turim.
  • Com 24 anos é ordenado sacerdote. Por 20 anos é professor e compositor brilhantíssimo no colégio de Valsálice, Turim, onde também será Diretor acadêmico da escola de magistério. Serás chamado Professor por gerações de clérigos salesianos. Entretanto, pedia ao Reitor-Mor com muita insistência:
- "Veja se me acha um lugarzinho na missão mais pobre, mais difícil e mais abandonada. Entre comodidades eu me sinto mal".
  •  Aos 46 anos foi satisfeito! O P. Filipe Rinaldi – Reitor-Mor – mandou-o como chefe da expedição fundar a obra salesiana no Japão: ali trabalhará 40 anos. Conquistará o coração dos nipônicos com sua bondade, empenhando-se como Dom Bosco no apostolado da imprensa e da música: foram perto de 2000 os concertos feitos por ele no Japão, na Manchúria, na Coréia do Norte e do Sul.
  •   Diretor da primeira Casa Salesiana, em Miyazáki, será, três anos mais tarde, o Superior da nascente Visitadoria. Viaja muito para estimular continuamente os primeiros salesianos no Japão, abrindo obras sobretudo para meninos órfãos e marginalizados. Em 1935 foi nomeado Prefeito Apostólico até 1940. Depois dos difíceis anos da guerra, cheios de infinitos sacrifícios, fundou em Tóquio a “Cidade dos Meninos”, que, com escolas elementares, médias e profissionais, logo acolheu 260 órfãos.Em 1949 foi nomeado inspetor salesiano: tinha 70 anos. E em 1952 continuou o seu trabalho como Diretor do Estudantado filosófico e teológico por mais dez anos. Foi também ali que ele morreu como um patriarca, no dia 6 de outubro de 1965, aos 86 anos. Agora o seu corpo – exumado em 1977 e achado perfeitamente intacto – descansa na cripta de Chofu. 


De uma carta do P. Cimatti ao Clérigo Luigi dal Fior
(4 de março de 1938)

 «.… Coragem, meu Luís: sê generoso com o Senhor se quiseres que Ele seja generoso para contigo. Doação total: corpo e espírito: e, com Dom Bosco, trabalha para ti e pelos outros.
Pedirei que Jesus te conserve sempre seu «usque in finem»; e também que ajude o teu pobre irmão que segundo me escreves (também o P. Grigoletto me escrevia) não está bem. Não poderei acompanhar-te de mais perto, mas podes compreender que com o afeto e a oração te serei muito mais próximo. Avante, pois! E reza por mim. Dia 21 é dia de São Bento: “ora et labora”, tão semelhante ao “trabalho e oração” de Dom Bosco. Um abraço e uma bênção ....»


3 comentários:

Michele Oliveira disse...

O link não existe.

A_Católica disse...

Salve Maria, Michele!

Em breve este arquivo será reformatado e o link retificado,

Santa Páscoa!

A_Católica disse...

Link retificado, mas ainda sem reformatação.

Postar um comentário

Qualquer quantia tem grande valor

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

O que é ser um Benfeitor do Blog?

O que é ser um Benfeitor do Blog?
Clique na Imagem

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo