22 de janeiro de 2016

Um Verdadeiro Tesouro Espiritual para as Famílias

Pe. Henri Maurice
Livro de 1939 - 267 págs


PREFÁCIO
O presente livro vem preencher uma lacuna sensível na literatura religiosa do nosso país. Conforme o titulo dirige-se à mulher cristã, fornecendo-lhe orientação segura nos sofrimentos. Bem existem entre nós alguns opúsculos que tratam do problema da dor em geral. Mas não existia nenhum ainda que atendesse, nesse particular, às necessidades da mulher.
A vida da mulher é muitíssimo diferente da do homem, tão diferente que se não pode reduzir a idênticas normas de agir. Valem para ambos os sexos os mesmos princípios, as mesmas regras gerais, mas a aplicação deles a um e outro sexo deve guiar-se pela natureza de cada um. Quanto aos sofrimentos particulares da mulher, é este livro que os examina e que aponta as correspondentes regras de comportamento.
A obra segue o seguinte plano. Nos 3 primeiros capítulos fala dos sofrimentos da mulher em geral: no 1° releva grande numero deles; no 2° salienta-lhes o estranho mistério; no 3° os frutos, naturais e sobrenaturais. Passa em seguida a  concretizar a solução do problema, de como a mulher cristã deve suportar os sofrimentos da vida, examinando no 4° cap. as 3 cruzes do Calvário e apontando-lhe no 5.°, 9.° e 10.° os 3 modelos de paciência, a Virgem dolorosa e os santos.
Desenrolando mais o exemplo do divino Modelo, o autor passa a examinar nos cap. 6, 7 e 8 as 3 categorias de sofrimentos maiores da mulher, o abandono, a inquietação e a piedade, indicando cada vez as respectivas normas de agir. Nos 5 últimos capítulos indica os meios com que a mulher cristã poderá elevar-se à imitação dos modelos apontados: a  oração (11), a Eucaristia (12), a esperança do céu (13), as  consolações do trabalho (14) e a felicidade de viver (15).
No exame do índice e do plano do livro parece, à primeira vista, que se trata apenas de idéias vulgares, conhecidas, do cristianismo. Sem dúvida, trata-se nele de assuntos comuns e de idéias mais ou menos conhecidas. Mas é a forma da exposição, coordenada, luminosa e empolgante, que lhe dá o cunho particular, o valor extraordinário.
Nestas conferências de retiro, feitas à elite de damas francesas, no ano antes da grande guerra (1913), o autor não aparece simples conferencista. Além de fino observador e de pensador profundo.[...]
Realmente, como o presente livro interessa tanto às senhoras, não pode nem deve menos interessar aos próprios homens, seus maridos. Pela leitura dele poderão estes chegar a avaliar melhor as dificuldades espirituais da esposa, a levá-las melhor em conta e a fazer tudo para preveni-las. Não menos que a mulher devem interessar-se pelo que ela possua o precioso livro que lhe resolve as dificuldades interiores e lhe ajuda a suportar as condições imutáveis da sua vida.
Imensamente grato ao marido será a mulher que dele recebe de  presente o precioso livro. Tanto mais quanto ele lhe oferecer com dedicatória carinhosa. Ser-lhe-á prova evidente que a compreende, que por ela tem amor e compaixão, que se interessa vivamente pelo estado da sua alma, como pela rela solução das suas dificuldades de consciência. A boa esposa procurará então tirar do livro o maior proveito possível, com imensa vantagem para a convivência e para a família.
Ademais. A origem como a natureza do nosso livro demonstram a sua grande oportunidade e necessidade para cada sacerdote, mormente para cada cura d'almas, a quem incumbe o difícil ministério de orientar as senhoras nos sofrimentos interiores. O livro deve em verdade sua origem às dificuldades que o próprio autor experimentava na direção de senhoras; que lhe vinham fazer a confidência dos seus sofrimentos, no intuito de receberem dele consolação e orientação segura. Estudou, pois, ele o problema e, vendo a necessidade geral, fez as conferências e publicou o livro.
Nele os sacerdotes podem certificar-se da direção a dar às senhoras que sofrem. Aconselhando, porém, a essas a leitura e meditação dele, aliviam-se a si próprios a tarefa, enquanto prestam ainda às almas o mesmo serviço: o livro substitui-os perfeitamente.
Em resumo, o livro que folgamos poder apresentar hoje ao público é de inapreciável valor, um verdadeiro tesouro espiritual para cada senhora, para cada mãe de família. Mas como o melhor livro não chega a dar resultado, senão pela devida divulgação, pedimos a todos os que se interessam pelo bem-estar das famílias, como pelo reino de Deus nas almas, pedimos a todos os senhores e senhoras e a todos os sacerdotes que chegarem a conhecer este precioso livro, de se incumbirem da sua propaganda. Ser-lhes-á poderoso auxiliar para a conservação da união, da paz e da verdadeira felicidade das famílias!
P. Lacroix

~ * ~

ÍNDICE
I — As Cruzes da Mulher
II — O Mistério do Sofrimento
III — Os Frutos do Sofrimento
IV — As Três Cruzes do Calvário
V — O Crucifixo Consolador
VII — A Inquietação
VIII — A Piedade
IX — A Consoladora dos Aflitos
X — Os Sofrimentos dos Santos
XI — A Doçura de Orar
XII — A Eucaristia, Fonte de Consolações
XIII — A Esperança do Céu
XIV — As Consolações do Trabalho
XV — A Felicidade de Viver

2 comentários:

Kamila Licciardi de Maria disse...

Me parece magnífico! Sou uma Católica casada e vejo o quanto necessito ler um desse! Ser católica e casada a meio esse mundo tão desordenado, ter uma família católica é tudo o que o demônio odeia. Baixei e vou ler, deve ser de grande valia para nós mulheres.

A_Católica disse...

Salve Maria, Kamila!

Certamente será de grande proveito para sua alma e de toda a sua família!

Saudações!

Postar um comentário

Qualquer quantia tem grande valor

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

O que é ser um Benfeitor do Blog?

O que é ser um Benfeitor do Blog?
Clique na Imagem

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo