26 de março de 2017

ADVERTÊNCIA: SOMENTE para Mulheres


Pierre Dufoyer
Edição de 1947 - 146 págs


Prefácio
Este livro é dedicado às raparigas que sonham com o casamento. Com ele se pretende elucidá-las acerca da natureza e fins, dificuldades e alegrias, grandeza e deveres do matrimônio. Assim julgamos ajudá-las a preparar-se devidamente, a escolher o companheiro e a definir a sua conduta durante o noivado.
Obras excelentes têm sido publicadas sobre estes assuntos, mas em que se dá preferência ao aspecto filosófico ou moral. Raros são os escritos que os encaram sob o ponto de vista psicológico e,  por isso, lhe damos a primazia neste volume.
O texto é devido à colaboração dum moralista, de pais e mães de família, de rapazes e de raparigas. Agradecemos a todos e, particularmente, aos rapazes e às raparigas, quaisquer sugestões ou reparos.
O público recebeu a primeira edição muito favoravelmente. Ficamos-lhe agradecidos. Várias raparigas escreveram-nos dizendo que a leitura deste livro fora para elas ocasião de reflexões úteis e o ponto de partida de decididos esforços para adquirirem um maior domínio da sua sensibilidade. Os nossos esforços serão recompensados se de fato contribuírem para a formação de excelentes esposas e de melhores educadoras. É esse o nosso desejo.
~ * ~
ÍNDICE
PREFÁCIO
PRIMEIRA PARTE
O CASAMENTO
1 — Mais belo do que em sonho!
2 — O Casamento
3 — Mútuo aperfeiçoamento
4 — A Maternidade
5 — A educação dos filhos
6— Em terras de Cristandade
7 — Para além do casamento
SEGUNDA PARTE
A CAMINHO DO CASAMENTO
1 — Futura esposa
2 — Futura mãe
3 — A espera do Príncipe Sonhado
4 — Meios de encontro
5 — Perigos!
6 — Para aquelas que podem escolher
7 — O noivo ideal
8 — O noivado



__________
OBS.: Agradeço aos leitores que tornaram possível disponibilizar esta obra aqui Que Nossa Senhora os favoreça muito!

2 comentários:

Letícia disse...

Tem bom conselhos, no entanto, não deixa claro que a procriação e a educação dos filhos é o fim principal do matrimônio, e que só em seguida vem a ajuda mútua. Inclusive o autor chega a insinuar o contrário, dando sempre primazia ao fim secundário nas explicações.
Há outros detalhezinhos para os quais é bom ficar atento. Quando ele fala do namoro, por exemplo, temos que ter em mente que o autor não estava imerso num tempo de tantas depravações como é o nosso, e que provavelmente os beijos e outras demonstrações de afetos que ele permite não são como os de hoje (que são quase sempre preparações para o ato sexual e, portanto, pecado mortal). Ele parece querer afastar escrúpulos, o que é bom, mas o leitor atual precisa ler com cuidado, pois tendemos mais ao relaxamento que ao escrúpulo - e devemos evitar tanto um quanto o outro, buscando uma consciência delicada, e só.
Deus os abençoe, apesar de todas as ressalvas que fiz a leitura foi bastante útil pra mim! Agradeço de coração!
Salve Maria!

Alexandria Católica disse...

Salve Maria!

Agradeço seu comentário,

Saudações!

Postar um comentário

Qualquer quantia tem grande valor

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

O que é ser um Benfeitor do Blog?

O que é ser um Benfeitor do Blog?
Clique na Imagem

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo

EM PROL do Clube de leitura masculino

EM PROL do Clube de leitura masculino
Clique na imagem acima! Não deixe de participar desta campanha!

CLUBE DE LEITURA feminino

CLUBE DE LEITURA feminino
Clique na imagem e aproveite a oportunidade de fazer parte do clube!