22 de junho de 2011

Confessa-te com frequência

P. Fr. Frutuoso Hockenmaier
Livro de 1949
Ilustrações do Catecismo de 1910


Clique na figura para ler
Fonte




















  
















  
  
  No sacramento da Penitência, além do perdão, recebem-se ainda outras graças.
  O pecado grave despoja a alma de todos os méritos adquiridos antes, quando em  estado de graça.
  Com a Confissão todos outra vez revivem e outra vez ganham valor para o  céu. Depois, perdoados aue fomos na Confissão, podemos desde logo ir aumentando os nossos  méritos, porque todo o bem que fizermos por amor de Deus em estado de graça, será  liberalmente retribuído no Céu. Um ato de amor de Deus que façamos, obra de misericórdia  que pratiquemos, tudo nos será de mérito e nos será pago um dia com novos graus de glória  eterna.

  «Onde mora o pecado não pode haver alegria nem felicidade verdadeira. Nem há a grandeza de  um principado, diz S. João Crisóstomo, nem a estonteante formosura, nem a glória do poder,  nem o prazer dos bailes, nem o fausto no vestir, nem qualquer outra coisa da terra pode dar ao  homem a paz e a alegria verdadeira». Alegria verdadeira só a boa consciência a pode dar. Quem traz limpa a consciência, ande muito embora vestido de farrapos e atormentado de  fome, mesmo assim é bem mais feliz e goza de mais paz do que quem vive rodeado de todos os  confortos imagináveis, mas traz a alma roída de remorsos.

  A confissão é o meio mais simples e seguro de nos reconciliarmos com Deus, e é também o  meio mais eficaz de apagar da alma os pecados tanto graves como leves.

  Confessa-te com frequência, e será teu o proveito. Se ainda te arrastas a custo nos caminhos  da virtude, a confissão frequente dar-te há forças e coragem, e ajudar-te há a evitar o pecado  mortal. Se já trazes certa a tua vida pelo caminho do bem, com a confissão mais crescerás em  graça e em virtude.


Um comentário:

Cobra Kan disse...

conheci o CATECISMO qundo criança, hoje tenho cinquenta de idade..........

Postar um comentário

Qualquer quantia tem grande valor

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

O que é ser um Benfeitor do Blog?

O que é ser um Benfeitor do Blog?
Clique na Imagem

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo