25 julho, 2020

Para ler e meditar ➜ Os efeitos da Vaidade

Matias Aires Ramos da Silva de Eça
Edição de 1951 - 222 págs

Vanitas vanitatum, et omnia vanitas. (Ecl, 1, 2)
("Vaidade das vaidades, e tudo é vaidade.")


Editada duas vezes em vida do autor:
 ➜ 1ª edição - 1752    2ª edição - 1761

Saíram depois:
➜ 3ª edição - 1778   ➜ 4ª edição - 1786 

“... obra muito doutrinal e útil, e ordenada para fugir de um vício tão transcendente e predominante...”
“... antes me parece muito útil despertar aos homens engolfados no desvanecimento do mundo, do letargo e esquecimento da vida eterna, e os deixar surdos para as enganosas adulações da vaidade, vício tão antigo como o mesmo mundo, e tão universal como os mesmos homens, aos quais segue em vida, e de ordinário não desampara na morte...”

“...E como todas estas Reflexões me parecem desenganos acertados para a salvação, claro está que nenhum reparo me fica para a censura...”
“De todas as paixões, a que mais se esconde é a vaidade: e se esconde de tal forma, que a si mesma se oculta e ignora: ainda as ações mais pias nascem muitas vezes de uma vaidade mística, que quem a tem não a conhece nem distingue: a satisfação própria, que a alma recebe, é como um espelho em que nos vemos superiores aos mais homens pelo bem que obramos, e nisso consiste a vaidade de obrar o bem."
"Trazem os homens entre si uma contínua guerra de vaidade; o conhecendo todos a vaidade alheia, nenhum conhece a sua: a vaidade é um instrumento que tira dos nossos olhos os defeitos próprios, e faz com que apenas os vejamos em uma distância imensa, ao mesmo tempo que expõe à nossa vista os defeitos dos outros ainda mais perto e maiores do que são. A nossa vaidade é a que nos faz ser insuportável a vaidade dos mais; por isso, quem não tivesse vaidade não lhe importaria nunca que os outros a tivessem."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

Qualquer quantia tem grande valor!

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html

VOCAÇÃO ➡ Quer ser MONJA REDENTORISTA? Clique no Banner para mais informações

Tipos Psicológicos

Obras Raras DO BLOG sendo reeditadas *Livraria Caritatem*