17 junho, 2022

Fundadora da Congregação das Irmãs Ursulinas ➜ Dedicação na formação das Jovens e Futuras Mães

(a primeira que a Igreja aprovou para a
educação da juventude feminina)
por uma religiosa da mesma ordem
Edição de 1927 - 407 págs

Prefácio da Edição Francesa

PRIMEIRA PARTE
Vida de Sant’Angela Merici

CAPÍTULO I — Os tempos e o estado da sociedade
Primeiros anos de Angela em Desenzano (1474- 1485)

CAPÍTULO II — As preparações divinas: alegrias e provações. Ângela em Saló (1485-1495)

CAPÍTULO III — As vozes do Céu. Resposta de eleita            (1495-1516)

CAPÍTULO IV — Ângela em Brescia — Influência crescente. Dons sobrenaturais (1516-1522)

CAPÍTULO V — A grande suplicante. Peregrinação de Ângela à Terra Santa (1522-1525)

CAPÍTULO VI — Em Roma — Perturbações políticas. Moradia em Cremona (1525-1530)

CAPÍTULO VII — Princípio do Instituto de Ângela. A hora de Deus (1530-1535)

CAPÍTULO VIII — A Companhia de Santa Úrsula. A razão desse patrocínio. Redação e aprovação das Regras (1533-1537)

CAPÍTULO IX — Ângela vivente na sua Regra

CAPÍTULO X — Ângela eleita Superiora Geral da Companhia de Santa Úrsula. A Superiora e a Mãe na Santa (1537)

CAPÍTULO XI — Sant’Ângela educadora

CAPÍTULO XII — O Chamamento do Esposo. Ângela deixa suas filhas (1540)

CAPÍTULO XIII — O Espírito de Sant’Ângela

CAPÍTULO XIV — Culto espontâneo prestado A bem-aventurada Ângela. Sua Beatificação (1540- 1768)

CAPÍTULO XV — Canonização de Sant’Ângela (1807)

SEGUNDA PARTE
A Companhia de Santa Úrsula até sua elevação ao Estado de Ordem Religiosa (1540-1619)

CAPÍTULO I — Provações, desenvolvimento e estado definitivo da Companhia de Santa Úrsula em Brescia. (1540-1566)

CAPÍTULO II — São Carlos Borromeu e as Ursulinas de Milão (1566)

CAPÍTULO III — As Ursulinas congregadas da Itália se implantam na França. Princípios da Madre Francisca de Bermond (1594-1606)

CAPÍTULO IV — Algumas lembranças biográficas das primeiras Ursulinas de França, chamadas — Congregadas

CAPÍTULO V — Fundação do convento de Paris — Madama de Sainte Beuve. Elevação das Ursulinas ao estado de Ordem Religiosa (1608-1612)

CAPÍTULO VI — Fundação do convento de Lião — Últimos anos da Madre Francisca de Bermond Mosteiro de Tolosa (1610-1628)

CAPÍTULO VII — Fundação de Bordéos — O Cardeal de Sourdis. A venerável Madre Francisca de Cazeres (1606-1618)

CAPÍTULO VIII — Fundação de Dijon. Francisca de Xaintonge. Ereção em mosteiro (1605-1619)

TERCEIRA PARTE
História da Companhia de Santa Ursúla desde sua elevação ao estado de Ordem Religiosa até nossos dias
(1619-1925)

CAPÍTULO I — Difusão da Ordem em França

CAPÍTULO II — As Ursulinas durante a Revolução Francesa e depois

CAPÍTULO III — Difusão da Ordem de Santa Úrsula nos outros países da Europa

CAPÍTULO IV — Difusão da Ordem de Santa Úrsula nas Américas

CAPÍTULO V — A União Canônica Romana das Ursulinas (1900). Estatística da Ordem de Santa Úrsula (Janeiro de 1925)

Apêndice

Máximas de algumas Ursulinas





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Livros à venda

Clique na imagem acima para ver a lista

Receba as Atualizações do Alexandria

Enter your email address:

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

Tipos Psicológicos

Qualquer quantia tem grande valor!

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html