27 de fevereiro de 2014

Mais um excelente livro de Monsenhor de Ségur!!!

Monsenhor de Ségur
Livro de 1877 - 167 págs


ÍNDICE
I.  Como não foi Deus que fez o sofrimento
II. De como, todavia, sob certo aspecto o sofrimento vem de Deus
III. De como é o demônio o autor responsável de nossos sofrimentos
IV. De como no mistério do sofrimento serve-se Deus do demônio para nos provar e santificar
V. Qual é o verdadeiro consolador de todos os sofrimentos
VI. Do belo livro em que deveriam saber ler todos aqueles que sofrem
VII. De como Jesus Cristo vem a nós e nos consola por Sua Igreja
VIII. Das dedicações admiráveis que para consolo dos que sofrem a Igreja suscitou
IX. De como a Religião ajuda a suportar as doenças e sofrimentos corporais
X. De como Nosso Senhor digna-se às vezes premiar com favores extraordinários a fé dos doentes de sua predileção
XI. De como a fé viva chega até a inspirar o amor dos sofrimentos
XII. Da dura provação das enfermidades
XIII. Como entre maus tratos é possível a santificação
XIV. Da pobreza e das dolorosas privações que ela acarreta
XV. De um meio simplicíssimo para que as privações e a pobreza não nos modifiquem muito
XVI. Que Nosso Senhor se fez pobre para consolar os pobres
XVII. De como as humilhações são causa de pungentes sofrimentos
XVIII. O que nos cumpre fazer quando somos humilhados
XIX. Aos que são perseguidos por causa do serviço de Deus
XX. Como devemos suportar a acerba provação da perseguição propriamente
XXI. Aos encarcerados e a todos aqueles que suportam os sofrimentos do cativeiro
XXII. Dos sofrimentos do coração, e particularmente das ansiedades e angustias a respeito dos entes que amamos
XXIII. Modo de suportar cristãmente a perda dos entes que nos são caros
XXIV. As ingratidões e desenganos
XXV. Como devemos proceder nas aflições espirituais e de imaginação
XXVI. Da última espécie de sofrimentos, a saber, escrúpulos e perturbações de consciência.
XXVII. Do sofrimento supremo, que é a morte.
XXVIII. Porque há tantos modos de sofrimento
XXIX. De como a oração é o consolo dos que sofrem
XXX. Porque a confissão é também consolo.
XXXI. Porque é tão útil que comungue frequentemente aquele que sofre
XXXII. Quão fúteis e vans são as consolações do mundo
XXXIII. Do desatino daqueles que sofrem e prescindem de Deus e da Igreja
XXXIV. De como O sofrimento é grande e salutar graça da misericórdia de Deus
XXXV. É preferível sofrer e gozar neste mundo
XXXVI. Porque há de o homem implorar a Deus alívio e cessação do sofrimento, sendo este tão útil
XXXVII. De como o sofrimento mais salutar é aquele mesmo que Deus envia
XXXVIII. De como todas as consolações de Deus nos são dadas pelas mãos misericordiosas da Santa  Virgem

4 comentários:

cristiane mesquita disse...

Estou maravilhada !! Deus te abençoe por este lindo trabalho !!

Alexandria Católica disse...

Amen!

Reze por nós e não deixe de ajudar qdo puder,

Saudações!

Prof Daniel Rocha disse...

Tem o livro Revolução desse autor ?

Alexandria Católica disse...

Salve Maria, Daniel!

Infelizmente ainda não,

Saudações!

Postar um comentário

Qualquer quantia tem grande valor

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

O que é ser um Benfeitor do Blog?

O que é ser um Benfeitor do Blog?
Clique na Imagem

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo

EM PROL do Clube de leitura masculino

EM PROL do Clube de leitura masculino
Clique na imagem acima! Não deixe de participar desta campanha!

CLUBE DE LEITURA feminino

CLUBE DE LEITURA feminino
Clique na imagem e aproveite a oportunidade de fazer parte do clube!