8 de dezembro de 2019

08/12 ➜ Orvalho Celeste que fertiliza a alma


Dom Eugénio Vandeur
Edição de 1954 - 204 págs



DEDICATÓRIA
À SANTÍSSIMA VIRGEM MARIA
MÃE DE DEUS

É diante de Vós, ó Augustíssima Rainha do Céu e da terra, que primeiro me venho prostrar, para vos prestar as mais respeitosas homenagens do meu espírito e do meu coração. É a vossos pés, que venho depor estas palavras antes de as expor aos olhos dos vossos servos. Peço-vos humildemente que as recebais como vossas, e de igual sorte recomendo a quantos as lerem que as considerem como pertença vossa.

Ó Virgem Santa, vós tendes inegável direito a todas as palavras que no tempo são pronunciadas ou escritas pelos homens, pois lhes destes a Palavra eterna do Pai, e só por vosso intermédio Ele nos falou sensivelmente pelo Seu Verbo.
Tendes o mesmo direito aos pensamentos do homem, pois foi mediante Vós que recebeu o Pensamento ou a Concepção eterna do Espírito de Deus a quem chamamos o seu Filho Único, no qual estão encerrados todos os tesouros da Divina Sabedoria.
Mas não é só sobre as palavras e os pensamentos. Tendes um direito legítimo e muito particular sobre todos os livros que se escrevem e imprimem na vastidão imensa do mundo cristão; são todos vossos e deveriam ser-vos dedicados, pois sois o Livro da Geração de Jesus Cristo, O Filho de Deus; na expressão de S. Mateus: Liber Generationis Jesu Christi.
Portanto, se todos os livros vos pertencem, que direito não tendes sobre o presente? Uma simples vista de olhos sobre o título e o frontispício, diz a todos que é vosso, e leva quem quer a exclamar que por tal motivo é justo que vos pague tributo.
Dignai-vos por isso, ó Amabilíssima Mãe do meu Salvador, receber esta pequena homenagem que vos apresento, e cujo mérito exclusivo é falar de Vós. Só a minha confiança, tantas vezes apoiada nas provas da vossa proteção, me levou a empreendê-lo. Que felicidade para mim se consegue agradar-vos!
Sei que mais não merece que desprezo e esquecimento, pois é bem corrupta a fonte donde mana. E não receio. Virgem Santa, fazer aqui a confissão sincera da minha temeridade, ao lembrar-me de que tantos santos tremiam de medo só de pensarem em Vós, e se julgaram indignos de escrever ou de falar das vossas inefáveis prerrogativas.
Confundo-me na Vossa presença ó Augusta Mãe de Deus e pergunto-me a mim mesmo: Quem és tu que ousas meter ombros a uma empresa a que personagens tão ilustres e grandes santos não se arriscaram, por superior, segundo eles, às suas forças?
Entretanto, encorajado pelas palavras e sentimentos de S. Bernardo, quero, Virgem Santa, sem reparar na minha indignidade e incompetência, pensar em Vós; falar de Vós, escrever de Vós, e jamais deixar de honrar-Vos; quero fazer todos os esforços para levar toda a gente a dedicar-se-Vos de todo o coração, e a declarar bem alto que Vos venera e Vos serve.
Dai missão e comissão a este pequeno livro para ir a toda a parte exaltar-Vos e conquistar para Vós todos os corações. Para tal deixo-o aos vossos pés, pedindo-Vos a bênção com estas palavras derradeiras:

Dignare me laudare te, Virgo Sacrata
Da mihi virtutem contra hostes tuos. (1)


_____________
(1) Colhemos esta Dedicatória, que traduz tão perfeilamente os nossos sentimentos num autor do século XVIII, o R. P. Louis-François d'Argenton, Capuchinho, nas Conferências teológicas e espirituais sobre as grandezas da Santíssima Virgem Maria, Mãe de Deus, obra a mais de um título notável.


ÍNDICE

PAX
PREFÁCIO
DEDICATÓRIA À SANTÍSSIMA VIRGEM
AVE MARIA
A ANUNCIAÇÃO — Quadro e comentário do Ave
O anjo do Ave
A atitude de Gabriel
A Virgem perturba-se
A Bendita do Espírito Santo
1ª Parte — A SAUDAÇÃO
AVE —Glória do Ave
 MARIA
Tão belo o seu Nome!
CHEIA DE GRAÇA
§—A sua beleza
§ — A graça santificante
§ — A Imaculada
§ — Uma plenitude de graça
§ — A Medianeira
O SENHOR É CONVOSCO
§ — A Predestinada
§ — A Magnificat
§ — Manancial fecundo
BENDITA SOIS VÓS ENTRE AS MULHERES
E BENDITO É O FRUTO DO VOSSO VENTRE
§ — A Visitação de Maria
§ — A Saudação de Isabel
JESUS
§ — Nome acima de todo o nome
§ — O Poder deste nome
2ª Parte —A INVOCAÇÃO
SANTA MARIA
§ — A Sua Santidade
§ — As Suas Virtudes
MÃE DE DEUS
§ — A Sua Virgindade
§—O grande mistério
§ — A Mãe dos Homens
ROGAI POR NÓS
A omnipotência suplicante
PECADORES
A mãe da misericórdia
AGORA
Agora e Sempre
E NA HORA DA NOSSA MORTE
AMEN


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

Qualquer quantia tem grande valor!

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html

Vocação➡Monja Redentorista

Vocação➡Monja Redentorista
Clique na imagem para obter maiores informações!

Aderindo ao clube através da imagem abaixo você também nos ajuda!

Aderindo ao clube através da imagem abaixo você também nos ajuda!
CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA PARTE!