22 de maio de 2020

Solteira, Esposa, Viúva e Religiosa



pelo Exmo. e Revmo. D. Bernardo Martínez Noval, O.S.A.
Bispo de Alméria
Traduzido do espanhol pelo 
P. Domingos de Lemos da mesma Ordem
Edição de 1952 - 343 págs

OBS.: As páginas 267 a 281 se encontram ausentes neste arquivo. Quem as tiver e puder enviar a mim para que esta obra fique completa, por gentileza, escreva-me.
Deus lhes pague!


DUAS PALAVRAS DO TRADUTOR
Quando começamos a tradução do DEVOCIONÁRIO E MÊS DE SANTA RITA, não foi o nosso intento oferecer ao público um devocionário à mais. Há tantos, e alguns tão bons, que não vale a pena tratar de aumentar essa literatura piedosa, a não ser que algo de novo se possa oferecer às almas que, de coração reto, se esforçam por dirigir seus passos pela senda da virtude, com o exercício das práticas cristãs e frequência dos Sacramentos.
A grande aceitação que tem tido na Espanha e América espanhola o DEVOCIONÁRIO E MÊS DE SANTA RITA, como o manifestam as diversas e numerosas edições feitas em poucos anos, e o desejo de fomentar a devoção à Santa dos Impossíveis, moveram-nos a empreender esta tradução que oferecemos às almas piedosas do Brasil e, particularmente, às pessoas devotas de Santa Rita.
O autor, Exmo. e Revmo. Padre Bernardo Martínez, da Ordem Santo Agostinho, Diretor geral que foi, em Madrid, das Oficinas de Caridade de Santa Rita, e, mais tarde, Bispo de Alméria, Espanha, teve por norma escolher, entre os grandes Mestres da Vida espiritual, a doutrina que mais em harmonia está com os princípios da piedade, solidamente cristã, certo da eficácia ou, pelo menos, da influência que essa doutrina havia de exercer no progresso na virtude das almas piedosas que, sem descurar os afazeres domésticos, cultivam a piedade, dirigindo-se pelo caminho da perfeição cristã, com o exercício das virtudes, frequência de Sacramentos e mortificação dos sentidos, levando assim urna vida mais recolhida, mais piedosa e mais disposta a receber as graças espirituais que o Divino Mestre se apraz de comunicar mais abundantemente às almas que se esforçam por imitar seus exemplos.
Outro dos fins, que se propôs o autor, é o de incrementar a devoção a Santa Rita, dentro e fora da Espanha; por isso, sem omitir outras devoções, encontram-se no presente DEVOCIONÁRIO E MÊS DE SANTA RITA as práticas piedosas mais em uso para honrar a memória da Santa dos Impossíveis, e, deste modo, proporcionar aos seus devotos meios para satisfazerem sua piedosa devoção. Para tornar mais completo este Devocionário de Santa Rita, incluímos na terceira parte diversas devoções, que se não encontram na edição espanhola, próprias para honrar a Taumaturga de Cássia e alcançar, pela sua intercessão, as graças particulares de que necessitamos.
Finalmente, incluímos neste Devocionário as novenas de Santa Mônica, a quem Santa Rita imitou no estado de viuvez, a de Santo Agostinho e um Tríduo a São Nicolau de Tolentino, porque foram estes Santos os protetores especiais de Santa Rita e os que a acompanharam naquela viagem maravilhosa e ingresso no Convento.
Que Santa Rita a todos nos proteja para que consigamos amar muito a Deus e à Santa dos Impossíveis.
São Paulo, 28 de Outubro de 1935
P. Domingos de Lemos


ÍNDICE

Duas palavras do tradutor
PRIMEIRA PARTE
Regra de vida cristã
Oração de Santo Agostinho para encomendar a Deus todas as coisas
Oração a Maria Santíssima
Oração ao Anjo da Guarda
Oração ao Santo de nosso nome
Atos de fé, esperança e caridade
Oração de São Bernardo
Orações da manhã e da noite
A Santa Missa
A Confissão
Oração para antes do exame
Oração para antes da confissão
Oração para depois do exame
Avisos para a confissão
Depois da confissão — Afetos e súplicas Da sagrada Comunhão
Antes da Comunhão - Afetos e súplicas Palavras de Deus
Oração de S. Tomás d’Aquino
Depois da Comunhão
Solilóquios em ação de graças
Oração a Jesus Crucificado
Um quarto de hora em diante de Jesus sacramentado
Devoções especiais à Paixão e Morte de Nosso Senhor Jesus Cristo
Introdução
A Hora Santa
A Via Sacra
Septenário das Dores de Maria Santíssima
SEGUNDA PARTE
Um mês consagrado a Santa Rita de Cássia
Oração a Santa Rita que deverá rezar-se de manhã, à noite e antes de começar o exercício
Novena à Santa Rita
Os quatro domingos em honra de S. Rita Devoção das quartas-feiras consagradas a Santa Rita
Uma visita à Advogada de impossíveis
Tríduo a Santa Rita para alcançar uma graça
Coroinha de Santa Rita
Oração a Santa Rita para o dia 22 de cada mês
Oração a Santa Rita, devotíssima de Nossa Senhora das Dores
Visita domiciliária de Santa Rita
Louvores e súplicas a Santa Rita
Responsório de Santa Rita
Origem das rosas de Santa Rita
Modo de usar as rosas de Santa Rita
Benedictio rosarum, pro infirmis, in festo S. Ritae
Novena a Santa Mônica
Novena a Santo Agostinho
São Nicolau de Tolentino, advogado das almas do Purgatório
Tríduo a S. Nicolau de Tolentino
Origem dos Pãezinhos de S. Nicolau de Tolentino
Modo de usar os Pãezinhos de S. Nicolau de Tolentino
TERCEIRA PARTE
Assistência aos moribundos
Exercício piedoso
Suspiros de Santo Agostinho
Jaculatórias
Encomendação da alma
Oração e Missa pelos moribundos
Benedictio brevior Panis S. Nicolai a Tolentino
Os sete domingos de São José



Nenhum comentário:

Postar um comentário

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

Qualquer quantia tem grande valor!

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html

Vocação➡Monja Redentorista

Vocação➡Monja Redentorista
Clique na imagem para obter maiores informações!

Aderindo ao clube através da imagem abaixo você também nos ajuda!

Aderindo ao clube através da imagem abaixo você também nos ajuda!
CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA PARTE!